fbpx

Geromel promete encerrar a carreira no Grêmio, fala de Kannemann e explica decisão de não sair após rebaixamento

De contrato renovado para 2023, experiente zagueiro de 36 anos concedeu coletiva nesta segunda

De contrato renovado com o Grêmio para 2023, o experiente zagueiro Pedro Geromel foi personagem de coletiva de imprensa na tarde desta segunda-feira e prometeu, dentre outras coisas, encerrar a carreira no clube. Na entrevista, o capitão explicou a decisão de não sair depois do rebaixamento e mostrou estar na torcida para que o seu tradicional parceiro de zaga, Walter Kannemann, também renove o vínculo.

Exemplo, gratidão e certeza de que encerrará a carreira no Grêmio

“Com certeza vou encerrar a minha carreira no Grêmio. Um lugar que fui muito bem recebido desde que eu cheguei e agora estou renovando por mais um ano. Minha carreira foi quase toda na Europa e nunca tive a chance de jogar num clube para brigar por títulos. Lá na Europa eram times de meio de tabela. Queria provar pra mim mesmo que eu tinha capacidade. Até meus 30 anos eu nunca tinha ganho um título, mas segui trabalhando. Depois, ganhei títulos e joguei Copa do Mundo. Acho que dou um exemplo para os mais jovens de nunca desistir. Tive inúmeras propostas para sair do Grêmio, mas ficar aqui foi a melhor decisão que eu tomei”

Momento mais marcante no clube

“Pra mim, nesses anos todos de Grêmio, o que me marca é a nossa chegada na Arena para a final da Copa do Brasil. Quase chegamos atrasados no jogo pela festa da torcida. Depois ganhar, ser campeão e resgatar o orgulho da torcida foi muito marcante para mim”

Renovação de Kannemann

“A gente não conversa sobre esses temas. Cada um tem a sua linha de pensar. Assim como o Grêmio, eu tenho a vontade dele ficar. Acho que é questão de tempo para que as partes se acertem”

Decisão de ficar no Grêmio após o rebaixamento

“Ano passado foi muito difícil. A única solução que eu vi para mim era lutar para trazer o clube de volta à Série A. Desde que caímos, esse foi meu único objetivo. Perguntei para o presidente se ele queria que eu ficasse. E desde então segui muito focado no Grêmio. E acho que os números comprovam isso”

VEJA MAIS NOTÍCIAS DO GRÊMIO:

Gostou do site? Então deixe sua curtida:

Publicidade

Utilizamos cookies. Aceitar Ler políticas