fbpx

Com três meses de jejum, Bolzan chama responsabilidade e promete vitória do Grêmio fora de casa: “Qualquer hora”

Presidente gremista deu declarações sobre a campanha do time na Série B nesta quinta-feira

Já se passaram três meses da última – e única – vitória do Grêmio na Série B e o desafio de ganhar como visitante continua. Mas a certeza do presidente Romildo Bolzan é que o clube, “a qualquer hora”, vai conseguir repetir o que fez no dia 27 de abril ao vencer o Operário, no Paraná, por 1×0. A declaração abaixo foi dada pelo mandatário nesta quinta-feira ao programa Cadeira Cativa, apresentado pelo jornalista Luiz Carlos Reche.

“O Grêmio está devendo cinco pontos. O empate com o Criciúma e a derrota para a Chapecoense são pontos que ficaram para trás. Temos que recuperar durante o campeonato. Deveríamos ter 42 pontos neste momento, que seria uma campanha bem mais equilibrada. Qualquer hora vamos ganhar fora, não vai ficar sempre assim. Aí vamos recuperar a campanha e eu não tenho dúvida disso”, afirmou.

Bolzan, na mesma entrevista, praticamente descartou a chegada de novos reforços na atual janela e lembrou que o elenco tem muitos jogadores ainda de fora:

“No gol temos o Grando e o Brenno, na direita o Edilson jogou pouco até agora, o Kannemann jogou pouco, o Lucas Leiva está chegando agora, o Elkeson, que nós depositamos confiança e esperança, também está voltando. Tem o Guilherme chegando, o Thaciano que é muito competitivo. A gente tem muita gente pra jogar ainda. Esse grupo é suficiente para alcançarmos o objetivo do returno”, comentou.

Agora no 3° lugar da tabela da Série B com 37 pontos, o Grêmio volta a jogar apenas na sexta-feira que vem, dia 5, 21h30, contra o Guarani.

VEJA MAIS NOTÍCIAS DO GRÊMIO:

Gostou do site? Então deixe sua curtida:

Publicidade

Utilizamos cookies. Aceitar Ler políticas