fbpx

Roger explica por que o Grêmio não deslancha fora de casa e evita cravar Lucas Leiva como titular no sábado

Treinador gremista admitiu que o time ficou abaixo da média no empate diante do Brusque

O técnico Roger Machado não gostou da atuação do Grêmio fora de casa nesta terça-feira diante do Brusque. Com o empate em 1×1 em Santa Catarina, o time gaúcho fechou o primeiro turno da Série B somente com uma vitória longe da Arena – ainda em abril, em 1×0, sobre o Operário. Em coletiva, o comandante admitiu que a nova atuação foi abaixo da crítica:

“São jogos diferentes. Principalmente o de hoje. A gente não encontrou o timing do campo, teve dificuldades de colocar a bola no chão pra jogar. O que fica pra gente é o ponto que a gente conquista fora. Lamentar os dois deixados, porque saímos na frente do placar. Hoje, foi um dia que pouca coisa coletiva deu certo. O que a gente lamenta é ter saído na frente e não ter conseguido sustentar”, respondeu.

Depois do empate, o Grêmio, que é o 4° da Série B com 33 pontos, volta para Porto Alegre e já pensa na Ponte Preta, sábado, 16h30, na Arena. Roger, no entanto, evitou bancar a titularidade imediata de Lucas Leiva e os demais reforços:

“O Lucas foi o primeiro que chegou e está há mais tempo trabalhando. Thaciano veio depois e o Guilherme por último. Eles estão em bom nível de condicionamento. Podem ser titulares ou não. Mas, nesse momento, também devem entrar aos poucos. As peças se encaixaram bem e o bom disso é que teremos alternativas diferentes. Principalmente nas substituições que temos feito”, completou.

CLIQUE NAS MANCHETES ABAIXO PARA LER MAIS NOTÍCIAS SOBRE O GRÊMIO:

Gostou do site? Então deixe sua curtida:

Publicidade

Utilizamos cookies. Aceitar Ler políticas