fbpx

Lisca dá novos bastidores do trabalho no Inter em 2016 e revela tentativa com Sobis: “Vou confessar pra vocês”

Ex-treinador colorado teve uma ingrata missão durante o fim da temporada de 2016

Desesperado por resultados após topar uma ingrata missão, Lisca fez tudo o que era possível dentro e fora de campo para evitar a queda do Inter em 2016. Faltando três jogos para o fim, ele iniciou perdendo fora de casa por 1×0 para o Corinthians e depois todas as chances restantes passavam por uma vitória em casa diante do Cruzeiro, que, na época, tinha o atacante ex-colorado Rafael Sobis.

Sobis, na época de base, foi dirigido por Lisca no próprio Inter e posteriormente faturou duas Libertadores como jogador dentro do Beira-Rio. Agora, ao podcast Dus 2, o treinador confessa: tentou ligar para Sobis em busca de uma “ajudinha”, mas não conseguiu:

“Olhem os lances… bom, eu tentei falar com o Sobis antes do jogo. Liguei pra ele. Vou confessar pra vocês. Jogou comigo a vida inteira e era quase como um filho. Não me atendeu. Tentei de novo e não me atendeu. Eu ia falar: ‘Meu, olha onde tu tá e tu não tem mais nada pra fazer’. Eu ia. Mas não consegui. Só que ele chutou no gol, deu passe pro Robinho, cruzou uma que quase entrou… eu ia matar ele! Teve um escanteio que eu vi que ele bateu muito alto e o Danilo pegou”, contou Lisca.

Sobis causou polêmica ao falar dessa partida entre Inter x Cruzeiro

Recentemente, durante entrevista dada ao jornalista Duda Garbi, Sobis causou polêmica até na imprensa do centro do país ao revelar que “ajudou” o Inter na partida:

“Sabe aquele jogo de 2016? Se o Cruzeiro vencesse o Inter, o Inter cairia. No Beira-Rio. Gol do Valdívia. Esse jogo eu não entrei na área. Não entrei na área. Agora é tranquilo de falar. Mas ninguém percebeu e era um jogo que não influenciava pro Cruzeiro. Teve um escanteio e nós pressionando muito. O Inter abalado. Eu sentia que estávamos perto de fazer um gol. Bati um escanteio no céu. A bola viajou muito, e eu não bato daquela maneira. Foi na mão do Danilo. E o Mano Menezes me xingava. Acho que ele percebeu. Estava 0x0. Depois o Fernando Carvalho me agradeceu, o Lisca me agradeceu”, admitiu Sobis.

O colorado venceu esta partida por 1×0 com gol de fora da área de Valdívia, mas, na rodada final, o 1×1 fora de casa contra o Fluminense não impediu a inédita queda.

CLIQUE NAS MANCHETES ABAIXO PARA LER MAIS NOTÍCIAS SOBRE O INTER:

Gostou do site? Então deixe sua curtida:

Publicidade

Utilizamos cookies. Aceitar Ler políticas