fbpx

Em nova entrevista, Mano diz ser “cedo” para pensar em título e lembra pedido de torcedores: “Não deixa o Inter cair”

Técnico colorado participou de entrevista nesta noite ao Sportscenter, da ESPN Brasil

Com 13 jogos de invencibilidade no comando do Inter, sem perder desde que aceitou o desafio de assumir o clube, o técnico Mano Menezes não deixa que os bons números gerem ilusão e faz questão de manter os pés no chão para não fugir, jamais, da realidade. Assim, por mais que a atual tabela permita sonhar, ele segue entendendo ser “cedo” pensar em título do Brasileirão.

Tanto é que, em entrevista na noite desta segunda-feira à ESPN Brasil, Mano lembrou que, logo que assumiu, ouvia vários pedidos de torcedores nas ruas para não deixar o time ser rebaixado:

“O sonho deu uma subida de degrau. Mas quando eu cheguei o torcedor me pedia na rua para não deixar ser rebaixado. O Inter não pode se acomodar e achar que qualquer objetivo está bom. É simples e direto: existem times que estão à frente da gente em termos de estágio e qualificação. Para fazermos parte desses grupos, vamos ter que construir isso durante a caminhada. Se você permanece na frente, se coloca em condições pra brigar por título. Hoje ainda acho cedo para pensar nisso”, comentou Mano.

Na coletiva de sábado, logo depois dos 3×1 sobre o Flamengo no Beira-Rio, Mano ainda admitiu que estava surpreso pela longa sequência sem perder – no total, o Inter tem 15 partidas sem derrotas em 2022. O treinador chegou a dizer que esse tipo de número seria mais normal ao Palmeiras pelo longo trabalho realizado por Abel Ferreira.

O Palmeiras, aliás, é o novo líder do Brasileirão com 22 pontos após vencer o Coritiba fora de casa, domingo, por 2×0. Já o Inter, que visita o Goiás na quarta às 20h30, é o 4° colocado com 18.

CLIQUE NAS MANCHETES ABAIXO PARA LER MAIS NOTÍCIAS SOBRE O INTER:

Gostou do site? Então deixe sua curtida:

Publicidade

Utilizamos cookies. Aceitar Ler políticas