fbpx

“Ele me disse”: Mano revela conversa com Luís Castro logo depois da polêmica derrota do Inter para o Botafogo

Técnico colorado deu detalhes do papo que teve com o seu colega português

A polêmica derrota do Inter por 3×2 em casa para o Botafogo voltou a ser citada pelo técnico Mano Menezes. Dessa vez, em coletiva de imprensa após a vitória de 1×0 sobre o América-MG, no Beira-Rio, o comandante colorado usou o jogo de gancho para dizer que, nem sempre, ter um homem a mais é garantia de vitória ou de mais chances de gol. Contra os mineiros, o time gaúcho também teve dificuldades de criar principalmente pela marcação fechada do rival.

Mano conta que, após a derrota para o Botafogo, teve uma conversa em caráter reservado com o comandante alvinegro, o português Luís Castro. Que admitiu que se ficasse 11 contra 11 seria provável imaginar uma vitória do Inter naquela noite:

“Depois da nossa derrota para o Botafogo, eu conversei com Luis Castro, que me disse: ‘Provavelmente, 11 contra 11, eu teria perdido o jogo para você’. Porque iriam atacar, tentar propor o jogo e dar espaço que, com um a menos, não nos deram”, resumiu Mano.

O zagueiro Sampaio, do Botafogo, foi expulso naquele dia com menos de 5 minutos de jogo após marcação de penalidade máxima por toque. Depois, o Inter ainda abriria 2×0 antes de levar a virada para 3×2 e ver o duelo terminar em pancadaria.

Aquela, aliás, é apenas uma das duas derrotas coloradas na campanha do nacional até agora – antes, perdeu somente na primeira rodada por 2×0 contra o Atlético-MG, fora. Em 3° lugar com 28 pontos, dois a menos que o líder Palmeiras, o Inter volta a jogar sábado, fora, contra o Athletico. Confira mais declarações de Mano em sua coletiva desta segunda:

Postura da torcida

“Não é que não possa criticar. Claro que pode. O torcedor é soberano pra ter a opinião dele. Desde que faça no momento que não prejudique a equipe, porque nós precisamos dele e os jogadores provam que tem bastante qualidade”

Recuperação de jogadores

“O que mais tem me deixado feliz é a recuperação dos jogadores que não vinham bem, que alguns eram criticados. Hoje, vimos uma grande defesa do Daniel, né, num momento decisivo do jogo. Então, a gente pede a calma na avaliação definitiva”

David

“Achei que o David também merecia ter feito o gol no primeiro tempo, na cabeçada que subiu inteiro, cabeceou perfeito, no contrapé do goleiro. Às vezes, quando você fica sem colocar a bola pra dentro, parece que fica um pouco mais difícil”

VEJA MAIS – O QUE DISSERAM OS JOGADORES DO INTER APÓS A VITÓRIA E O APOIO DA TORCIDA CONTRA O AMÉRICA-MG:

CLIQUE NAS MANCHETES ABAIXO PARA LER MAIS NOTÍCIAS SOBRE O INTER:

Gostou do site? Então deixe sua curtida:

Publicidade

Utilizamos cookies. Aceitar Ler políticas