fbpx

Atitude de Roger Machado durante longo período de recuperação de Ferreira agradou o jogador; entenda

Atacante gremista voltou muito bem na vitória de 2x0 diante do Náutico

Autor de um belo gol na vitória por 2×0 sobre o Náutico, sexta-feira, abrindo o triunfo do Grêmio na Arena pela Série B, o atacante Ferreira conversou com a imprensa em coletiva nesta segunda-feira e relembrou o longo período em recuperação de uma cirurgia de hérnia inguinal feita há mais ou menos dois meses.

Ele conta que, durante o seu período fora, o técnico Roger Machado foi importante ao demonstrar apoio, ir até a fisioterapia conversar, passar a sua experiência de atleta e não deixá-lo “abandonado” no clube:

“Um momento difícil, se lesionar. Professor Roger foi muito importante para mim. Ele foi jogador, me explicou que passou por momento como esse, sempre procurou me ouvir e entender meu lado. Tanto que depois do gol dei um abraço nele, porque foi muito importante para mim nesse período”, disse Ferreira.

Roger, na coletiva pós-jogo sexta, falou das suas ações nos últimos meses com Ferreira e sublinhou a importância que ele tem em campo:

“Quando eu cheguei, ele estava machucado. Depois nos ajudou numa janela curta até se operar. A gente lida com a cabeça do atleta passando experiência. Tem que ficar próximo do atleta, tem que ir na fisioterapia, saber como está. Pedir paciência, calma, porque o atleta é ansioso. É passar confiança e demonstrar acolhimento a ele. O Ferreira é importante. Quando a bola chega, ele tem lucidez diferente da maioria dos jogadores do futebol brasileiro. Quando está em campo, gera otimismo”, colocou Roger.

Se dizendo com 90% das melhores condições físicas, Ferreira volta a jogar com o Grêmio no sábado, 16:30, frente ao Tombense, na Arena.

Clique nas manchetes abaixo para ler mais notícias sobre o Grêmio:

Gostou do site? Então deixe sua curtida:

Publicidade

Utilizamos cookies. Aceitar Ler políticas