fbpx

“Também gosto muito dele”: Mano muda ideia inicial e se coloca “ao lado” da torcida sobre jogador do Inter

Confira um outro trecho abordado pelo técnico Mano Menezes após Ceará 1x1 Inter

Não é de hoje que a torcida do Inter manifesta grande apreço por Rodrigo Moledo – e se incomoda todas as vezes que o experiente defensor vai parar no banco de reservas. Neste sábado, o zagueiro saiu como titular no empate em 1×1 contra o Ceará, pelo Brasileirão e jogou até mais do que deveria, já que, segundo o técnico Mano Menezes, a ideia era preservá-lo por mais tempo.

Mano, em coletiva, disse que também gosta do jogador assim como a torcida e afirmou que Moledo ainda não tem conseguido participar de todos os treinamentos por questão médica:

“A questão de Moledo não é física. Moledo ainda tem um pouquinho de resquício da recuperação articular. Isso atrapalha um pouco. Por vezes temos que tirar do treinamento, temos que cuidar do jogador. Hoje a ideia inicial era até que jogasse menos, mas o jogo se colocou de uma maneira que não foi possível mudar. A gente também gosta muito dele, pode ter certeza disso. Estamos do lado do nosso torcedor nessa avaliação”, explicou o treinador.

Moledo, que foi reserva em Santiago, no jogo de ida, pode voltar a campo na terça-feira, 21h30, diante do Colo-Colo, pela volta das oitavas de final da Copa Sul-Americana. O colorado precisa reverter a vantagem chilena de 2×0. Veja outras falas de Mano em sua coletiva de sábado:

Retornos para terça-feira

“Nós vínhamos executando um planejamento bom até o jogo do Botafogo. Derrota inesperada. Aí já perdemos Wanderson, Alan Patrick. E ficamos na obrigação de vencer o Coritiba. Seria onde tiraríamos jogadores para preservar. Isso nos atrapalhou para o jogo de Santiago. Ficamos sem Bustos e não fizemos um grande jogo. Por isso não tínhamos outra alternativa para hoje. Teremos retornos e estamos trabalhando para isso. As perspectivas são boas, mas só vou colocar os jogadores se eles estiverem bem ou muito próximo disso. Espero que o torcedor se coloque do nosso lado”

Mobilização na Sul-Americana

“O torcedor sente que estamos mobilizados para a Sul-Americana. Tanto que tivemos uma atitude de risco aqui contra o Ceará e a equipe se portou bem. Não podemos achar que a cada derrota está tudo errado. Os outros também tem qualidade e objetivos. Vamos estar preparados para o jogo e ter o torcedor do lado. É uma batalha dura e vamos trabalhar para reverter”

Taison

“Taison foi atacante a vida inteira. Ele tem característica diferente do Alan Patrick. Poderia ter terminado o jogo de hoje, mas tirei já pensando na terça-feira. A gente vai cuidando de todos e vai tentando ajustar para também não perder pontos, que seria frustrante”

Clique nas manchetes abaixo para ler mais notícias sobre o Inter:

Gostou do site? Então deixe sua curtida:

Publicidade

Utilizamos cookies. Aceitar Ler políticas