fbpx

Shakhtar Donetsk pede retorno imediato de Vitão, vê contrato ilegal e pode frustrar planos do Inter

Jovem zagueiro de 22 anos vem tendo vários jogos sob comando do técnico Mano Menezes

Tanto o zagueiro Vitão quanto a direção do Inter receberam notificações direto da Ucrânia nesta quinta-feira. O Shakhtar Donetsk, entendendo que a renovação contratual do jogador com o colorado foi ilegal, solicitou o retorno imediato do atleta ao seu elenco sob pena de levar o caso para outras esferas. Da parte da direção gaúcha, há a convicção de que tudo foi feito dentro da legalidade.

Vitão, que vem tendo vários jogos com Mano Menezes, tinha contrato de empréstimo assinado apenas até o final de junho. Quando chegou o último dia do vínculo, o Inter anunciou a sua permanência até junho de 2023 se baseando em uma normativa atualizada pela Fifa, que ampliou o direito dos atletas suspenderem os contratos na Rússia e na Ucrânia pela guerra.

Como Vitão não entrou em contato com o Shakhtar antes desse período para buscar um acordo, o o clube ucraniano entende que houve ilegalidade nesta renovação. De acordo com o Globoesporte.com, os ucranianos ainda ameaçam adotar ações legais caso o jogador atue por outro clube a partir de 1º de agosto.

O Inter não se manifestou oficialmente sobre o caso e não deve se pronunciar por enquanto. O atleta vem treinando normalmente e até segunda ordem segue disponível para a comissão técnica. O defensor, inclusive, foi titular na derrota de 2×1 de domingo passado, fora, para o Palmeiras, pelo Brasileirão.

VEJA MAIS NOTÍCIAS DO INTER:

Gostou do site? Então deixe sua curtida:

Publicidade

Utilizamos cookies. Aceitar Ler políticas