fbpx

Rodrigo Caetano deixa reclamação para domingo, explica escolha por Cuca e promete Atlético-MG completo no Beira-Rio

Diretor-executivo de futebol do Atlético-MG concedeu declarações à Rádio Gre-Nal

Ex-diretor-executivo do Inter entre 2018 e 2020, Rodrigo Caetano segue exercendo o mesmo cargo no Atlético-MG e estará no Beira-Rio como rival domingo, às 16h, pelo Brasileirão. O horário e dia desta partida, aliás, incomodaram Caetano. Isso porque o Galo gostaria de ter o mesmo tempo de preparação do Palmeiras para o jogo de ida das quartas da Libertadores na semana seguinte.

“Nós pedimos a troca do jogo para o sábado por conta do nosso confronto da Libertadores no meio da semana. O Palmeiras joga do sábado e nós no domingo, então queríamos ter o mesmo tempo de intervalo antes do jogo”, explicou Caetano, antes de falar da volta de Cuca no lugar de Turco Mohamed:

“Nossa busca pelo Turco e pelo Cuca foi justamente por terem características parecidas. O afastamento do Cuca foi por motivos pessoais e para não ter uma ruptura muito grande no trabalho trouxemos o Turco. Óbvio que o Cuca recusou outros clubes, já que ele não gosta de pegar trabalhos no meio do caminho, e aqui não é assim. Ele praticamente segue o seu último desafio, e já conhece o elenco”.

Apesar de ter a Libertadores no calendário, o Atlético-MG, segundo Caetano, irá com todos os seus melhores jogadores para encarar o Inter:

“O Galo vai com todos os atletas disponíveis para o jogo contra o Inter. Não tem ninguém suspenso e nem lesionado e os reforços estão disponíveis. Agora cabe ao Cuca escolher quem começa o jogo”, disse o dirigente.

Os dois times vêm de derrota de 2×1 no Brasileirão na última rodada. Em casa, o Atlético-MG perdeu de virada para o Corinthians, enquanto o Inter foi derrotado pelo Palmeiras.

VEJA MAIS NOTÍCIAS DO INTER:

Gostou do site? Então deixe sua curtida:

Publicidade

Utilizamos cookies. Aceitar Ler políticas