fbpx

No Santos, Lisca fala do Sport, lembra Inter, imita voz de Mano Menezes e promete não nadar nu em praia

Técnico Lisca deu uma divertida coletiva de imprensa na apresentação no time do Santos

Novo técnico do Santos, Lisca deu uma imperdível coletiva de imprensa de apresentação nesta quinta-feira tendo até imitado Cuca e Mano Menezes. Ele também falou sério e não fugiu da polêmica saída do Sport, negando mágoa e deixando até em aberto a chance de um dia voltar ao clube. Segundo Lisca, a expectativa sua era de que a torcida do Leão reagisse diferente:

“Durante o jogo, surgiu a notícia de que eu já estava acertado com o Santos. E como a torcida do Sport gosta muito de mim, gosta muito do meu trabalho, e a gente estava fazendo um trabalho muito legal, ficou revoltada pela minha saída. E reagiu de uma forma que eu não esperava. Esperava que eles cantassem “fica, Lisca”, e eles cantaram “vai, Lisca”. Me agrediram, me jogaram um monte de cosia, minha família estava, minhas filhas se assustaram”, declarou, rebatendo de forma inusitada o rótulo de “doido”:

“Não rasgo dinheiro, não como grama e vocês não vão me ver nu na praia de Santos”, comentou. Veja abaixo as imitações de Mano e Cuca:

https://twitter.com/guirod1/status/1550198198966394886

Perguntado sobre o “hábito” de dirigir as equipes em poucos jogos, Lisca citou o caso do Inter de 2016, quando assumiu faltando três rodadas e não evitou o rebaixamento.

“Alguns dos clubes eu fui contratado para um período específico. No Inter, eu fui sabendo que não ficaria e fui apenas para os três jogos. Porque eu sou muito amigo do presidente Fernando Carvalho, que me convocou depois que o Celso Roth pediu demissão. Tínhamos que fazer sete pontos em 9 e não conseguimos”, lembrou.

Atualmente, o Santos é o 9° colocado do Brasileirão com 25 pontos. A estreia de Lisca no Peixe será domingo, 19h, diante do Fortaleza, fora.

Clique nas manchetes abaixo para ler mais notícias sobre o Inter:

Gostou do site? Então deixe sua curtida:

Publicidade

Utilizamos cookies. Aceitar Ler políticas