fbpx

Mano diz o que achou do empate em casa e vê Inter obrigado a fazer reposições no elenco: “Imediatamente”

São Paulo apresentou dificuldades ao Inter e conseguiu buscar o 3x3 no Beira-Rio

Principalmente pela saída do lateral-direito Heitor para o Cercle Brugge, da Bélgica, o técnico Mano Menezes entende que o Inter precisa, “imediatamente”, buscar uma reposição para o setor. Em coletiva após o empate em 3×3 em casa diante do São Paulo, pelo Brasileirão, o comandante colorado falou a respeito das saídas do elenco, que envolvem outros nomes como Moisés, Wesley Moraes e Bruno Gomes.

Reposição para as perdas

“Todas as possibilidades de saídas vamos deixar para a direção explicar. O Wesley viajou para a Espanha e é bem possível que saia. O Bruno Gomes também foi ao Coritiba. Se o Heitor sair precisamos de outro lateral imediatamente. Poderíamos recorrer à base, mas, na avaliação que fizemos, o lateral-direito da base é recém chegado ao elenco e precisa evoluir um pouquinho mais”

Jogo desgastante

A gente deixou escapar por três vezes a vitória que começávamos a construir. O São Paulo nos criou muitas dificuldades para marcá-los e saímos com um sentimento de que perdemos dois pontos. O jogo foi desgastante. Nós temos jogado muito no nosso limite. Por isso é importante que todos os jogadores voltem”

Erros e acertos, segundo Mano

“Às vezes, a gente peca um pouquinho por não conseguir dar continuidade em uma jogada um pouco óbvia e aí sofremos um pouquinho. Mas também temos que ter um pouco de paciência. Todo mundo erra e todo mundo acerta. Eu achei que o Alemão fez um bom jogo, até quando aguentou bem. A gente tem que reconhecer que o adversário teve qualidade, tem um trabalho de quase dois anos. Aí, você vê, na ideia de trabalho, uma coisa mais bem formatada já”

Clique nas manchetes abaixo para ler mais notícias sobre o Inter:

Gostou do site? Então deixe sua curtida:

Publicidade

Utilizamos cookies. Aceitar Ler políticas