fbpx

Discreto no Grêmio, Borja chega ao River Plate em negociação de R$ 36 milhões: “Oportunidade importante”

Atacante colombiano não conseguiu se destacar com a camisa gremista ao longo de 2021

Após cair para o Vélez Sarsfield nas oitavas de final da Libertadores, o River Plate vai promovendo mudanças em seu elenco e uma delas é a chegada do ex-gremista Miguel Borja. O colombiano chega como alternativa à venda de Julián Álvarez para o Manchester City – o uruguaio Luis Suárez era o sonho do time de Marcelo Gallardo, mas a queda no torneio continental atrapalhou os planos.

Com o River, que pagará 7 milhões de dólares (cerca de R$ 36 milhões na cotação atual), Borja terá contrato até dezembro de 2025. Antes, ele estava no Junior Barranquilla, da Colômbia:

“Hoje quero agradecer mais uma vez pela oportunidade de ter vivido uma nova etapa com o time dos meus amores. Não saio como gostaria, porque sei que todos queremos títulos e desta vez não foi possível, mas os levarei sempre no coração. Hoje tenho uma oportunidade importante para minha família e minha carreira profissional, que espero aproveitar e deixar o nome do país em alta. Como sempre digo, sempre carrego o Junior no coração, e sei que em algum momento nos encontraremos novamente, não sei de que área, mas vou dar tudo de mim para que isso aconteça”, escreveu o jogador em despedida ao Junior.

O Palmeiras, que ainda tinha 50% dos direitos de Borja, ainda receberá mais de R$ 18 milhões pela transferência. Em 2021, sob comando de Felipão, o Grêmio promoveu a contratação do centroavante, que fez 5 gols em 20 jogos. Ele perdeu espaço na reta final com Vagner Mancini.

CLIQUE NAS MANCHETES ABAIXO PARA LER MAIS NOTÍCIAS SOBRE O GRÊMIO:

Gostou do site? Então deixe sua curtida:

Publicidade

Utilizamos cookies. Aceitar Ler políticas