Como Rafael Sobis mostrou o seu sofrimento na classificação do Inter sobre o River Plate na Libertadores

Ex-atacante tem sido assíduo no Beira-Rio torcendo pelo seu antigo clube

Publicidade

Acostumado a decidir os jogos dentro de campo, Rafael Sobis vem experimentando nos últimos anos, já aposentado, o sofrimento de ter que “atuar” como torcedor. Colorado assumido, ele esteve no Beira-Rio na última terça-feira e não escondeu o nervosismo pela forma como o Inter conseguiu passar pelo River Plate nas oitavas de final da Libertadores.

Depois de virar para 2×0 no tempo normal, o colorado tomou um gol na reta final e precisou ir para a dureza dos pênaltis. A vitória veio com o goleiro Sergio Rochet tomando a bola de Vitão e batendo com maestria a penalidade decisiva.

Veja também:
1 De 5.985

“Terça-feira vivi umas das melhores coisas da minha vida. Nervoso,tenso e sofrido e no fim FELIZ! Isso é ser INTER”, escreveu Sobis, em seu Instagram, em uma foto em que aparece sentado no chão do seu camarote no estádio do Inter.

Sobis é figura rara na história do Inter

Poucos jogadores além de Rafael Sobis tiveram a honra, a sorte e a oportunidade de estar nos dois elencos do Inter que foram campeões da Libertadores. Com gols nas duas finais, contra São Paulo e Chivas respectivamente, o ex-atacante estava nos grupos tanto de 2006 como 2010.

Dessa vez sem títulos, Sobis voltou ao Inter em 2019, quando o clube foi eliminado nas quartas de final da Libertadores para o Flamengo e foi vice da Copa do Brasil para o Athletico. Posteriormente, o atacante foi encerrar a sua carreira no Cruzeiro.

LEIA MAIS:

Canal WhatsApp - Zona Mista Inter

Utilizamos cookies. Aceitar Ler políticas