fbpx

Alexandre Pato é oferecido ao Inter por contrato de produtividade, diz jornalista; atacante falou do clube recentemente

Jogador está vivendo uma reta final de contrato vestindo a camisa do Orlando City, dos Estados Unidos

Vivendo reta final de contrato com o Orlando City, dos Estados Unidos, com quem tem vínculo até dezembro, o atacante Alexandre Pato já passa a dar maior atenção ao futuro da carreira e projeta voltar ao Brasil em 2023. Nesse sentindo, segundo o jornalista Lucas Collar, do canal Vozes do Gigante, o staff do jogador de 32 anos procurou o Inter para uma oferta em contrato de produtividade. Conversas, de acordo com o repórter, seguem acontecendo.

Pato, no entanto, não foi oferecido apenas para o Inter e virou nome na pauta de outros clubes nacionais, algo que incomodou a direção colorada:

“A informação que eu tenho é que o Alexandre Pato está se oferecendo para alguns clubes para retomar a carreira no futebol brasileiro. E vê o Inter com bons olhos inclusive com uma possibilidade de se aposentar em Porto Alegre. Ele sabe que o Inter busca centroavante e o agente do Pato fez uma oferta para o clube com contrato de produtividade. Só que ele também se ofereceu para outros clubes e isso incomodou o Inter, que deu uma travada nas conversas. Não viria para ganhar muito, me disseram”, destacou Collar.

Pato falou do Inter recentemente

Em uma entrevista recente dada ao Globoesporte.com, Alexandre Pato admitiu ter tido a chance de voltar ao Inter em 2020, logo depois da saída do São Paulo, quando o colorado buscava reposição após a lesão no joelho de Paolo Guerrero. Ele explicou as suas razões da época, mas deixou claro que pensa, sim, em retornar ao Beira-Rio:

“Eu não excluo o Inter. É um clube que eu amo e tenho muito carinho. Quando eu saí do São Paulo, aconteceram conversas para retornar. Conversei rapidamente com o Rodrigo Caetano na época. É engraçado que a torcida vai muito em cima do que escrevem. Ela não tem a paciência de esperar a pessoa falar. Fui sincero com o Rodrigo: tinha acabado de sair do São Paulo e não queria imediatamente buscar outro clube. Naquele momento eu queria pensar em mim. Queria me reestruturar mentalmente. Falei pro Inter que não era o momento de eu ir. Mas o meu coração é vermelho e não excluo jamais o Inter”, explicou, na ocasião.

CLIQUE NAS MANCHETES EM DESTAQUE ABAIXO PARA LER MAIS NOTÍCIAS SOBRE O INTER:

Gostou do site? Então deixe sua curtida:

Publicidade

Utilizamos cookies. Aceitar Ler políticas