WhatsApp: +5551985261953

Pedro Lucas espera ano diferente e admite frustração por falta de oportunidades antes da queda: “Infelizmente não veio a chance”

Jovem meia-armador de 19 anos espera ter mais chances de jogar na temporada de 2022

Após ganhar oportunidades no Gauchão do ano passado e depois brilhar na conquista do Brasileirão de Aspirantes com o time de transição, o jovem meia Pedro Lucas, de 19 anos, imaginou que receberia mais chances para ajudar na Série A, o que acabou não acontecendo. Em entrevista à Rádio Gaúcha, o atleta admitiu que se sentia “pronto” e que agora espera mais oportunidades em 2022.

“Eu estava me sentindo pronto. Acho que, tanto tecnicamente quanto fisicamente, eu evoluí bastante. Estava treinando bem também, que é importante. Então, achei que poderia ao menos ter uma oportunidade de mostrar o meu futebol, para ajudar, que era o que eu mais queria, a manter o Grêmio na Série A. Infelizmente essa chance não veio, mas agora é continuar trabalhando para que esse ano de 2022 possa vir essa tão sonhada oportunidade de poder mostrar o meu futebol”, declarou, antes de falar da importância do Gauchão, no qual iniciará como titular:

“Acho que o Gauchão vai ser muito importante para mim. Vou poder ganhar ritmo e mostrar o meu futebol. Vai ser a comissão técnica da transição que vai começar, mas com certeza a direção e a comissão do profissional vão estar olhando. Acho que é uma grande oportunidade para deixar uma boa impressão”.

Em relação à evolução como jogador, o meia admite que tem se cobrado bastante e trabalhado para entrar na área, finalizar e fazer gols:

“É uma coisa que eu me cobro muito. Às vezes eu chegava perto da área e preferia dar o passe, deixar o atacante na cara do gol, do que chutar. Mas é uma coisa que me cobram bastante, de pisar bastante na área e eu acredito que estou evoluindo nesta questão”, finalizou.

Gostou do site? Então deixe sua curtida: