fbpx

Mano explica importância de Paulo Autuori no Inter e comenta ida para os braços da torcida após classificação

Técnico colorado vem vivendo uma espécie de "lua de mel" com a torcida pela boa fase

Vivendo grande fase no comando do Inter, em uma espécie de “recuperação” da carreira, o técnico Mano Menezes divide os méritos com o trabalho silencioso realizado por Paulo Autuori. Ainda na gestão de Alexander Medina, o experiente profissional chegou para o cargo de coordenador-técnico e hoje, segundo Mano, tem papel importante na condução do futebol no dia a dia do clube.

“O Paulo é um coordenador que sabe ser coordenador, o que não é muito fácil a função para quem já foi técnico. É discreto, de um nível de conhecimento que em muitos momentos está ao lado do treinador para uma consulta, um indicativo, enxergar algo antes de nós. É uma função ainda rara no futebol brasileiro, mas quem tem como nós o privilégio de contar com Paulo Autuori, temos que usar”, comentou Mano ao site Globoesporte.com.

Mano, desde a chegada ao Beira-Rio, tem feito questão de se aproximar com os torcedores tanto via rede social como nos jogos. Após a classificação na Sul-Americana contra o Colo-Colo, por exemplo, chegou a ir para os braços da torcida.

“As pessoas gostavam de mostrar a outra parte. A parte ruim, da briga, reclamação. Era a imagem que passavam e parece que você é assim. Não sou e nunca fui. Também não criarei um tipo porque seria uma bobagem tentar aos 60 anos fazer que sou bonzinho e bonitinho. Não é assim. O futebol não tem lugar para estas bondades todas, mas é possível viver bem, brincar. Em determinadas situações, brinco até com a torcida adversária para poder trabalhar um pouco. A missão deles em alguns lugares é desestabilizar o banco rival, mas sou muito respeitado pela maioria dos torcedores no Brasil todo. Sempre fui”, disse, antes de finalizar:

“Aproximar o torcedor hoje do técnico, do trabalho que se faz, é algo complicado pela função como ocorre. Há muito sensacionalismo, o que precisa chamar atenção. O torcedor faz parte do jogo e interfere, seja a favor ou contra. A preocupação é mostrar como se faz, da forma que se faz, na medida do possível. Não posso mostrar tudo. Mas que o torcedor esteja ao lado”.

O novo desafio de Mano no Inter já é nesta segunda-feira, 20h, em casa, contra o América-MG. Uma vitória colocará o time em 3° com 28 pontos.

CLIQUE NAS MANCHETES ABAIXO PARA LER MAIS SOBRE O INTER:

Gostou do site? Então deixe sua curtida:

Publicidade

Utilizamos cookies. Aceitar Ler políticas