fbpx

“Estamos sendo sinceros ao nosso torcedor”, diz presidente do Inter sobre utilização do recurso da venda de Yuri Alberto

Venda de Yuri ao Zenit, da Rússia, foi a maior já feita em toda a história do Inter

Maior venda da história do Inter, Yuri Alberto, do montante de 25 milhões de euros, gerou aproximadamente cerca de R$ 112 milhões aos cofres colorados com a sua ida ao Zenit, da Rússia. Mas embora entenda o anseio da torcida por reforços de qualidade com este dinheiro, o presidente colorado Alessandro Barcellos segue pedindo calma ao explicar as necessidades do clube.

Ao Seleção SporTV, o mandatário voltou a falar da necessidade de equilibrar dívidas para chegar ao final do ano com superávit. Apenas “parte” do recurso da venda do centroavante, segundo Barcellos, será usado para novas contratações.

“Estamos sendo sinceros ao torcedor. Precisamos recuperar a capacidade financeira do clube pegando parte do recurso para pagar dívidas. A outra parte é buscar reforços no mercado e dar condições ao treinador para as disputas de 2022. Não necessariamente faremos todos os negócios com pagamentos à vista, podemos fazer gestão de caixa”, declarou o presidente.

Marrony, hoje no futebol da Dinamarca, é um dos nomes cotados como eventual reposição. Já as negociações com Brian Rodríguez e Taty Castellanos, ambos atualmente na MLS, dos Estados Unidos, esfriaram. Veja outras falas de Barcellos ao Seleção SporTV:

Busca por volantes

“Como diz nosso treinador, precisamos de mais jogadores para competição interna. O Inter está buscando esses reforços procurando ser uma equipe de transição rápida. Estamos dando alternativas para o treinador poder trabalhar ao longo da temporada”

Extremas

“O David joga pelas extremas e seguimos buscando esse perfil porque precisamos de jogadores competitivos dentro do grupo. Quantidade sem competitividade não resolve e estamos sendo muito criteriosos quanto a isso”

Medina preocupado com o futuro do clube:

“Estamos buscando com cuidado para dar ao treinador jogadores com perfis que possam jogar dessa forma, com amplitude e pressão alta. O treinador tem sido um parceiro no cuidado ao patrimônio do clube. Ele tem a consciência de que devemos trazer jogadores que sirvam ao momento, e também ao clube. Ele está preocupado com o momento e o futuro do Inter”

Gostou do site? Então deixe sua curtida:

Publicidade

Utilizamos cookies. Aceitar Ler políticas