fbpx

Dirigente do Inter minimiza postagem do “DVD” e mantém elogios a Yuri Alberto: “Acho que não partiu dele”

Centroavante optou por jogar no Corinthians ao voltar ao futebol brasileiro nesta temporada

Cerca de seis meses depois de deixar o Inter rumo ao Zenit, da Rússia, o centroavante Yuri Alberto voltou ao Brasil e fez, na última semana, a opção oficial de defender o Corinthians na continuidade da carreira. No anúncio, o jogador compartilhou o vídeo provocativo do clube paulista, que citou “DVD” relembrando uma polêmica antiga com o clube gaúcho.

Para o vice-presidente de futebol do Inter, Emilio Papaléo Zin, essa postagem não deve ter “partido” de Yuri Alberto, a quem seguiu rasgando elogios e desejando o melhor para a carreira:

“É um ídolo da nossa torcida. O presidente Alessandro deu uma declaração nesse sentido: nós fizemos o possível para que o Yuri voltasse ao Beira-Rio. Aí é questão do futuro do atleta. Ele que tem que pesar o que é melhor pra ele. E eu vejo com naturalidade (a postagem), acho que não partiu dele. Confesso que nem vi o que o Corinthians postou. Se dermos atenção, vamos desviar do que importa. Faz parte do folclore e não me preocupo”, disse Papaléo ao jornalista Lucas Collar, do Vozes do Gigante.

“O Yuri é um excelente atleta, uma figura humana fora de série e tem espaço de sobra no Beira-Rio. Deixou muitos amigos. Mas é a sua carreira e o seu destino, que temos que respeitar. Que pena que não veio, mas desejo que ele seja muito feliz”, acrescentou o dirigente colorado.

No breve período jogando na Rússia, Yuri ainda teve a oportunidade de ser campeão da liga local. O Corinthians passou a se interessar ainda mais por conta da recente saída de Jô, que ampliou a necessidade do plantel em ter um novo centroavante.

Clique nas manchetes abaixo para ler mais notícias sobre o Inter:

Gostou do site? Então deixe sua curtida:

Publicidade

Utilizamos cookies. Aceitar Ler políticas