fbpx

Celta anuncia oficialmente a contratação de Galhardo e destaca reencontro com Coudet: “Melhor futebol da carreira”

Meia-atacante Thiago Galhardo, aos 32 anos, terá a experiência de jogar no futebol da Espanha

A ida de Thiago Galhardo ao Celta de Vigo se tornou oficial na manhã desta quarta-feira. Através de seus canais oficiais de comunicação, o clube espanhol comunicou o acerto com o Inter por empréstimo do jogador de 32 anos até o fim da temporada. No texto do site, o Celta frisou o reencontro do atacante com o técnico Eduardo Coudet, que o dirigiu no Beira-Rio de janeiro a agosto de 2020.

Ao Inter, será depositado um pagamento pelo empréstimo de cerca de R$ 3,2 milhões e a opção de compra no fim do vínculo é de R$ 10 milhões.

“RC Celta e Internacional de Porto Alegre chegaram a acordo para empréstimo, com opção de compra, do atacante brasileiro Thiago Galhardo, que se torna a quarta contratação da temporada. Thiago Galhardo (Brasil, 1989), se reencontra com Eduardo Coudet, treinador do Internacional de Porto Alegre na temporada passada e que gerou o seu melhor futebol da carreira, chegando à Seleção. No ano passado, o atacante brasileiro, comandado por Coudet, marcou 16 gols em 27 jogos”, diz trecho do texto escrito pelo Celta nesta manhã.

Antes de iniciar a sua viagem para se apresentar no clube espanhol, Galhardo escreveu um longo texto de despedida ao Inter – releia a íntegra abaixo:

“Boa noite, nação colorada. Passando por aqui para me despedir e externar o quanto eu sou grato a vocês e ao @scinternacional. Não tenho palavras para dimensionar o quão importante foi, é, e continuará sendo esse clube na minha carreira e na minha vida. Foi no Inter que eu atingi o meu ápice e onde e realizei meu grande sonho de menino, que era vestir a camisa da Seleção Brasileira.

Graças a Deus, a todos meus companheiros, treinadores e profissionais com os quais estive ao lado, alcancei números e marcas expressivas, tendo a prazer de ter sido artilheiro do clube por uma temporada e meia, algo que me deixa orgulhoso, mediante todas as dificuldades que enfrentamos diariamente. Muita coisa foi falada nessas últimas semanas, mentiras e insinuações e boatos disseminados por pessoas que, não entendo o porquê, quiseram tentar manchar a linda história que construí ao longo da minha passagem pelo clube, mas preferi o silêncio, pois a verdade sempre aparece, não importa quanto tempo demore.

Ninguém é perfeito, logicamente todos nós podemos cometer erros, e nem sempre vamos agradar a todos. Porém, sempre me dediquei, honrei com meus compromissos, nunca me omiti dentro e fora de campo e dei a cara a tapa inúmeras vezes para defender os interesses do Internacional. Por conta disso, deixo o clube com a consciência tranquila e com certeza de que dei o meu melhor em todos os sentidos. No final de tudo, saber disso é o que verdadeiramente importa para mim.

Hoje estou partindo, mas ainda sigo sendo um ativo e atleta do clube, então espero um dia poder voltar com a mesma cabeça erguida e porta da frente pela qual estou saindo. Estarei de longe, mas seguirei na torcida por todos da instituição, que repito, está marcada para sempre no meu coração. Fiquem todos com Deus e muito obrigado mais uma vez por tudo!”

Gostou do site? Então deixe sua curtida:

Publicidade

Utilizamos cookies. Aceitar Ler políticas