fbpx

Retornos contra o Colo-Colo e reservas no sábado: saiba qual será o planejamento do Inter para os próximos dias

Foco será na tentativa de reverter a vantagem construída pelo time chileno na Sul-Americana

Absorvendo o duro golpe de ter levado 2×0 do Colo-Colo pela ida das oitavas da Sul-Americana, o Inter retorna nesta tarde ao Brasil para começar a pensar nos próximos passos da temporada. A tendência é de time misto ou quase todo reserva diante do Ceará, sábado, 19h, pelo Brasileirão. A comissão técnica está preocupada com a sequência de jogos e com os longos deslocamentos em viagens.

Nomes como Carlos De Pena e Bustos, que não jogaram no Chile por problemas musculares, não estarão em Fortaleza. E atletas como Daniel, Mercado, Gabriel, Edenilson e Alan Patrick, que vêm jogando quase todas as partidas, também podem ficar de fora no sábado.

“A gente criou pouco na parte ofensiva para construir um resultado diferente. O Colo-Colo foi merecedor da vitória. Não temos que reclamar de uma melhor sorte em termos de vitória ou empate porque não fomos merecedores de um resultado melhor. A meu ver, seria derrota de 2 a 1 porque fizemos um gol que deveria ter sido validado. Temos essas coisas que hoje mais atrapalham que ajudam”, lamentou o técnico Mano Menezes em coletiva.

Assim, o foco total do Inter estará na terça-feira que vem, 21h30, no jogo da volta contra o Colo-Colo. O clube já organiza promoção para os sócios e sabe que precisará vencer por dois gols de diferença para forçar as penalidades. Passagem no tempo normal só em caso de três gols.

Em relação ao time que jogou no Chile, Mano deve ter na próxima semana os acréscimos de De Pena e Bustos. Taison, que sequer viajou por sintomas gripais, também estará à disposição.

Clique nas manchetes abaixo para ler mais notícias sobre o Inter:

Gostou do site? Então deixe sua curtida:

Publicidade

Utilizamos cookies. Aceitar Ler políticas