fbpx

Retomando a carreira na Série C, Brenner recorda passagem pelo Inter e detalha convivência com D’Alessandro

Centroavante atualmente tem 28 anos e trabalha para ajudar o Remo a subir de divisão

Contratado exatamente para o turbulento ano de 2016, quando conviveu com lesões e não conseguiu jogar, o centroavante Brenner se apresentou mesmo no Inter na temporada seguinte, em 2017, quando começou a empilhar gols no comando do técnico Antônio Carlos Zago. Antes de ir para o Botafogo em troca com Camilo no meio do mesmo ano, o atual jogador do Remo, que está na Série C, conviveu com nomes famosos no Beira-Rio como por exemplo Andrés D’Alessandro.

Sobre o argentino, que acaba de encerrar oficialmente a carreira, Brenner, ao Globoesporte.com, mostrou só ter palavras de elogios e reconhecimento por tudo que representa no futebol:

“Fiquei dois anos no Inter. Quando eu fui vendido, tive uma lesão e fiquei tratando lá até ser contratado definitivamente. Em 2016, estava no plantel, pude acompanhar internamente o que foi aquele ano complicado (rebaixamento), joguei pouco naquela temporada realmente”, disse, antes de falar de D’Alessandro:

“Como pessoa e como jogador, ele é sensacional. Ele tenta ajudar quem está chegando, era sempre o primeiro a chegar no treino, estava sempre brigando por nós no vestiário, se tinha que assumir alguma coisa, se expor perante a diretoria, ele estava sempre lá, dando a cara. Você podia contar a qualquer momento com ele. A carreira dele diz por si só, ganhou tudo no Internacional e agora ele é até cidadão brasileiro”, comentou.

Após sair do Inter, Brenner não teve vida longa no Botafogo e passou por clubes como Goiás e Avaí, além de experiências no exterior, até parar no Remo. Antes do time do Beira-Rio, ele se destacou no Juventude.

CLIQUE NAS MANCHETES EM DESTAQUE ABAIXO PARA LER MAIS NOTÍCIAS SOBRE O INTER:

Gostou do site? Então deixe sua curtida:

Publicidade

Utilizamos cookies. Aceitar Ler políticas