fbpx

Maicon revive polêmica com Dourado, não se arrepende e ironiza venda do volante: “Valia 100, venderam por 2”

Ex-volante do Grêmio voltou a alimentar a polêmica com o seu desafeto em nova entrevista

Ex-volante do Grêmio e também do CRB, seu último clube e de onde saiu recentemente, Maicon voltou a alimentar a velha polêmica com o ex-colorado Rodrigo Dourado. Em nova entrevista, dessa vez ao podcast Fora do Jogo, no YouTube, o ídolo da torcida gremista ironizou até mesmo os valores da recente venda do seu desafeto ao San Luis, do México.

De acordo com informações dadas pelo Globoesporte.com, o Inter lucrou US$ 500 mil pela transferência (aproximadamente R$ 2,5 milhões pela cotação atual) e permaneceu com 30% dos direitos para lucrar em eventual venda futura. Maicon, na entrevista, lembrou que, quando chegou ao Grêmio, falava-se que o rival valia até R$ 100 milhões.

“Quando cheguei lá o valor de mercado dele era 100 milhões e venderam agora por 2 milhões. Mas é aquilo que eu falo de ‘empolgação’. Ele já tinha perdido não sei quantos jogos pra mim. Eu estava com a panturrilha machucada e o Renato falou que eu não jogaria. Eu insisti pra jogar, mas o Renato não liberou. Me disse que não era final e que não queria me perder. Aí ganharam e ele foi falar besteira. Tá bom então. Liguei pro nosso assessor e disse que eu daria coletiva no dia seguinte. Parece até que foi armado, mas já ia pro final a coletiva e ninguém me perguntava do cara. Até que perguntaram e eu: ‘Quem?’. Acabou ali. O que acontece no campo morre ali”, declarou Maicon.

A grande rivalidade entre os dois teve início na vitória do Inter por 1×0 no Beira-Rio, em 2018, pelo Brasileirão. Maicon foi preservado por Renato Portaluppi na ocasião por conta de dores musculares na panturrilha. Dourado, em entrevista pós-jogo, insinuou que Maicon havia “corrido” do clássico. O fato irritou o então jogador gremista, que, na semana seguinte, deu coletiva detonando o adversário – relembre aqui como foi.

CLIQUE NAS MANCHETES ABAIXO PARA LER MAIS NOTÍCIAS SOBRE O GRÊMIO:

Gostou do site? Então deixe sua curtida:

Publicidade

Utilizamos cookies. Aceitar Ler políticas