fbpx

Maicon resume importância de Renato em sua carreira e desfaz boato sobre a convivência com o treinador

Em recente entrevista, ex-volante gremista falou o que pensa a respeito de Renato Portaluppi

O carinho, o respeito e a gratidão marcam as falas do volante Maicon em todas as vezes que é perguntado sobre Renato Portaluppi. Juntos, eles foram multicampeões pelo Grêmio especialmente entre 2016 e 2018 e o jogador garante, apesar de muitos pensarem o contrário: a convivência no dia a dia com Renato em treinamentos, jogos e viagens “é bem fácil”.

Em participação recente no podcast Fora do Jogo, no YouTube, Maicon também lembrou números e campanhas importantes que Renato, já como treinador, teve em outros clubes além do Grêmio:

“O Renato é um cara bem fácil de você lidar com ele. Ele sempre foi assim, quando era jogador e depois como treinador. O currículo dele dispensa comentários. Ele fez três finais de Libertadores, perdeu duas e ganhou uma, mas ele chegou, Copa do Brasil também, ganhou uma com o Fluminense, uma com o Grêmio. Então, ele tem títulos importantíssimos. Ele tem as convicções dele, se tiver cinco jogadores brigados ele vai fazer os caras se falarem, porque é um cara que pensa no jogador, no melhor pro clube”, disse o jogador.

“Renato não faz sacanagem com ninguém, é tudo olho no olho, um cara muito transparente. Eu sou suspeito pra falar por que eu não conhecia o Renato quando ele chegou no Grêmio. Aos poucos, ele foi trocando ideias comigo, eu era capitão do time. O time estava numa fase ruim. Ele não mudou nada, não me tirou e até se me tirasse, não teria problema porque eu sou um cara tranquilo”, ampliou o jogador.

Maicon, nesta mesma entrevista, admitiu ter saído de forma ruim do Grêmio em 2021 e contou que gostaria de voltar para ao menos se despedir melhor da torcida:

“Eu sempre me preocupei em sair do Grêmio da melhor maneira possível. Pensava em um amistoso Madureira contra o Grêmio para eu jogar um tempo em cada time. Era meu sonho, mas nem sempre as coisas são assim. Eu ainda tenho essa esperança. Mais para frente. Deixar o Grêmio se organizar de novo e tentar”, encerrou.

CLIQUE NAS MANCHETES ABAIXO PARA LER MAIS NOTÍCIAS SOBRE O GRÊMIO:

Gostou do site? Então deixe sua curtida:

Publicidade

Utilizamos cookies. Aceitar Ler políticas