fbpx

Lucas Silva e Ricardinho rasgam elogios ao trabalho de Roger antes da estreia na Série B: “Entrosamento muito bom”

Jogadores confiam no técnico Roger Machado visando uma grande campanha na Série B

Na chegada da delegação do Grêmio ao palco da estreia na Série B neste sábado, Ricardinho e Lucas Silva conversaram com a imprensa presente em Campinas mostrando sintonia em aprovar o trabalho do técnico Roger Machado, uma das principais esperanças gremistas na condução visando o acesso à elite. A partida contra a Ponte Preta tem início às 16h30, no Moisés Lucarelli.

“Estamos bem otimistas, principalmente pelo ano que estamos fazendo e a conquista do Gauchão. Houve um entrosamento muito bom com o Roger na fase final do estadual e a gente chega confiante”, declarou Lucas Silva em breve coletiva.

Ricardinho, por sua vez, retorna de empréstimo do Marítimo-POR trazendo na bagagem a primeira experiência no futebol da Europa. Segundo ele, Roger tem métodos de trabalho parecidos com o que se vê no exterior:

“O trabalho do Roger é muito bom. Bem parecido com o que vi na Europa. Está sendo muito bom trabalhar com ele. Na Europa aprendi muito sobre a parte tática, lá é bem diferente. Quando saí eu era mais afobado, mas agora volto pra agregar ao grupo”, confirmou o atacante, que iniciará a partida no banco.

O serviço de Ponte Preta x Grêmio:

Provável Grêmio

Brenno; Rodrigues, Geromel, Bruno Alves, Diogo Barbosa; Villasanti, Lucas Silva, Bitello; Campaz, Elias e Ferreira.

Provável Ponte Preta

Caíque França, Norberto, Thiago Oliveira, Fabrício e Artur; Felipe Amaral, Léo Naldi, Fessin e Matheus Anjos; Echaporã e Danilo Gomes.

Horário

Sábado (5), às 16h30min, no Estádio Moisés Lucarelli, em Campinas-SP.

Arbitragem

Paulo Roberto Alves Junior, Ivan Carlos Bohn e Victor Hugo Imazu dos Santos (trio paranaense); VAR: Rodrigo de Miranda (Rio de Janeiro).

Transmissão

SporTV e Premiere anunciam transmissão da partida ao vivo.

Gostou do site? Então deixe sua curtida:

Publicidade

Utilizamos cookies. Aceitar Ler políticas