fbpx

Johnny no meio e ataque inédito: Mano ensaia mudanças no time titular do Inter diante do Palmeiras

Técnico pode abrir mão de um centroavante de ofício em jogo que tende a ser complicado

Horas antes da bola rolar no Allianz Parque, em São Paulo, para mais uma rodada do Brasileirão – a última do primeiro turno -, a informação é de que o técnico Mano Menezes promoverá novas mudanças no time titular do Inter. Johnny, por exemplo, está ganhando a vaga de Mauricio e o setor de meio de campo será mais reforçado para a marcação, sem um camisa 10 de ofício.

A outra mudança, de acordo com o jornalista Vagner Martins, é no ataque. Pela primeira vez, Wanderson e Pedro Henrique vão atuar juntos desde o início de uma partida. Assim, Alemão volta ao banco de reservas e fica como opção para o decorrer da partida.

Desta maneira, o Inter que logo mais será confirmado deverá ter: Daniel; Mercado, Kaique Rocha, Vitão e Thauan; Gabriel, Edenilson, De Pena e Johnny; Wanderson e Pedro Henrique.

Em coletiva de imprensa recente, Mano já havia aberto a possibilidade de, futuramente, testar Wanderson e Pedro Henrique. O camisa 11 voltou de lesão muscular exatamente no jogo passado, quarta, no empate em 3×3 diante do São Paulo em casa.

“Dá para jogar futebol de diversas maneiras desde que funcione. Na verdade, se colocarmos dois extremas de velocidade e mais um centroavante vamos ficar, quase sempre, com três jogadores à frente da construção das jogadas. E provavelmente vamos perder o meio de campo. Esse negócio é complexo. Não adianta nada equilibrar lá na frente se a bola não chegar. Um dos méritos da nossa equipe é que a bola tem chegado na frente com frequência. E isso tem a ver também com a escolha da maneira de jogar”, disse Mano, na ocasião.

Após dois empates consecutivos no campeonato, o Inter entra para pegar o Palmeiras sendo o 7° colocado da tabela com 30 pontos ganhos.

Clique nas manchetes abaixo para ler mais notícias sobre o Inter:

Gostou do site? Então deixe sua curtida:

Publicidade

Utilizamos cookies. Aceitar Ler políticas