fbpx

Inter não garante a contratação de novos laterais e avalia situação indefinida de Boschilia: “Cabe a ele”

Direção atualizou alguns temas de mercado antes da partida contra o Palmeiras pelo Brasileirão

Mesmo após as perdas de Moisés para o CSKA, da Rússia e Heitor, para o Cercle Brugge, da Bélgica, o Inter não assegura que irá efetivar a contratação de novos laterais – embora o próprio técnico Mano Menezes já tenha dito ser urgente a busca por um novo lateral-direito. Neste domingo, antes do duelo contra o Palmeiras, o executivo de futebol William Thomas avaliou que as reposições não necessariamente precisam ser de fora:

“Pela campanha do Inter neste momento do ano é natural a expectativa que está se criando. A gente vê uma crescente no desempenho coletivo. O natural quando temos saídas de alguns atletas é procurar reposição. Não necessariamente elas são fora do clube, temos atletas que estão finalizando processo de recuperação, casos do Renê e do Bustos, mas também é apostar cada vez mais nas categorias de base, no qual o Inter sempre foi uma referência e continuará dando oportunidades para novos jogadores”, projetou.

O outro assunto abordado por Thomas em breve coletiva envolveu Boschilia. O meia tem sido reserva e tem contrato apenas até dezembro com o Inter. Recentemente, foi alvo do Cruzeiro, mas os patamares salariais esfriaram a negociação:

“É um atleta que tem um ótimo nível, a carreira dele fala por si só, e é normal que quando chega nesse momento de janela os clubes comecem a procurar soluções e aí vão em busca daqueles que não completaram sete jogos. Como é um jogador que tem mercado e é reconhecido como um grande atleta, acho natural ele ter propostas, daí cabe a ele e ao clube decidirem qual vai ser o caminho. Hoje ele está integrado, fazendo parte do nosso plantel e caso surja algo concreto e definitivo se tomará uma decisão”, acrescentou Thomas.

Clique nas manchetes abaixo para ler mais notícias sobre o Inter:

Gostou do site? Então deixe sua curtida:

Publicidade

Utilizamos cookies. Aceitar Ler políticas