fbpx

Executivo de futebol do Grêmio apoia discurso de Felipão sobre “histórico” de Ricardo Marques: “Não é normal”

Árbitro da partida entre Grêmio 0x1 Corinthians foi duramente questionado nas entrevistas do time gaúcho

Assim como o técnico Luiz Felipe Scolari, o executivo de futebol gremista Diego Cerri (foto) desaprovou a atuação do árbitro Ricardo Marques Ribeiro na derrota de 1×0 para o Corinthians na Arena e também sublinhou o histórico de jogos do Grêmio com o seu apito, que seriam de 35 partidas e somente cinco vitórias azuis. Além das reclamações ao juiz, o dirigente usou a coletiva para pregar a necessidade de união para a saída do Z4 e elogiar o que chamou de “produção” em campo:

Árbitro Ricardo Marques Ribeiro e sua postura:

“Não é questão de acreditar em má-fé. Mas alguma coisa não dá certo na arbitragem dele com a gente. Essa não é uma estatística normal que o Grêmio tem. Em 35 jogos ganhar 5? Não é normal. Estamos quebrando a cabeça para entender. Todos os nossos jogadores saíram revoltados no lance capital do jogo. Na nossa visão não foi falta. A arbitragem dele não vai bem com o Grêmio”

Conviver com a pressão:

“Nós temos lideranças muito fortes, muito experientes, uma diretoria atuante e vamos continuar trabalhando para sair dessa situação. A gente tem que saber conviver com a pressão. Não adianta nada a gente falar de equilíbrio e não produzir em campo, e nós estamos produzindo”

Adversários difíceis:

“A gente sabe que não tem jogo fácil e por isso que eu digo da importância de estarmos produzindo dentro de campo. Estamos produzindo. Hoje a gente sai com a cabeça cheia, chateado. Não poderíamos perder, especialmente da maneira como jogamos. Criamos situações claras no primeiro tempo. Precisamos pontuar. Conforme você ganha, a confiança aumenta”

Confira as coletivas de Felipão e Diego Cerri:

Gostou do site? Então deixe sua curtida:

Publicidade

Utilizamos cookies. Aceitar Ler políticas