Ex-atacante do Inter relembra polêmicas do último Gre-Nal e enaltece postura de Kannemann: “É jogador grande”

Rafael Sobis, em nova entrevista, fez rasgados elogios à postura do zagueiro argentino do Grêmio

Com toda uma rica história construída com a camisa do Inter, Rafael Sobis não deixa de acompanhar o antigo clube e esteve de olho no último clássico Gre-Nal, vencido por 1×0 com gol de Taison no Beira-Rio e que terminou com confusão gerenalizada. Ele não condenou a atitude de Patrick, mas disse que não teria repetido o gesto de segurar caixões com as cores rivais como o meia colorado fez.

LEIA MAIS – Não tem mais vontade? Criticado por dirigente e descartado no Grêmio, Jean Pyerre tem dois possíveis destinos na carreira

Ao jornalista Rica Perrone, no YouTube, o agora ex-atacante profissional ainda destacou a atitude de Kannemann, que, em meio à briga, foi visto tirando os seus colegas de Grêmio da confusão:

“Eu acho que eu não faria (segurar caixão), não é muito o meu perfil. Eu respeito muito o zagueiro gringo do Grêmio… o Kannemann. Ele zoa pra caramba, mas quando deu a briga no Gre-Nal, se tu for ver nas imagens, ele vai lá e começa a tirar os jogadores do time dele. Isso é jogador grande. Aguentou. Vamos ser homens, pelo menos. Zoou, foi zoado e valeu”, declarou Sobis.

A entrevista de Sobis foi dada antes da vitória do Juventude por 1×0 sobre o Bragantino, e já naquele momento ele achava “muito difícil” o Grêmio escapar do rebaixamento:

“Não digo que já foi, porque o futebol é por pontuação e enquanto tiver chance tem que acreditar. Quem sou eu pra julgar. Mas é muito difícil, cara”, colocou o ex-jogador do Cruzeiro.

Confira a entrevista de Sobis na íntegra:

Gostou do site? Então deixe sua curtida:

Notícias do Grêmio em primeira mão:

Veja também:

1 De 6
Comentários
Loading...