fbpx

David no comando de ataque e possível pedido de reforço: como Mano Menezes lida com a camisa 9 no Inter

Técnico colorado ainda busca a melhor opção para o setor decisivo da referência de ataque

Após ensaiar uma sequência a Alemão, que iniciou fazendo gols em sequência, o técnico Mano Menezes modificou os planos do ataque do Inter nos últimos jogos e vem utilizando David (foto) mais avançado, centralizado, fazendo a função do camisa 9. O ex-atacante do Fortaleza ainda não balançou as redes desde a chegada de Mano, mas não é nada que possa tirar o sono do comandante.

Nesta terça-feira, em coletiva de imprensa dada depois da goleada de 5×1 sobre o 9 de Octubre, no Beira-Rio, gerando vaga nas oitavas da Sul-Americana, Mano detalhou os seus planos para o setor de ataque do Inter:

“Eu não tenho preferência por quem faça o gol, desde que seja vermelho. É claro que sobre os atacantes sempre recaem uma responsabilidade. Hoje (terça-feira), tivemos um jogador de movimentação (David) exatamente para proporcionar aos outros uma maior chegada à frente. Tem muita gente que joga sem um atacante principal e vai bem. Temos é que trabalhar como se joga com cada formação. Isso é o mais importante”, disse Mano, em declarações recuperadas pelo site GZH.

“Se jogamos com o David, temos uma movimentação que favorece os outros jogadores. Certamente, temos de juntar mais gente com ele. Ele não é o homem de acabamento final. Temos de ter uma ideia diferente na construção. Com Cadorini é outra ideia, com jogadas de linha de fundo. O Alemão também. O Wesley também. Vamos trabalhar com os jogadores. A minha responsabilidade é dar uma condição de equipe que sustente as dificuldades dos jogadores. Todos que estão aqui têm condições de dar uma contribuição importante para a equipe”, ampliou.

Perguntado se vai pedir reforços à direção na janela que reabre no meio de julho, Mano despistou e deu um “drible” nos repórteres:

“Eu ainda acho julho é muito longe. Podemos ter outra ideia em julho. O futebol é muito dinâmico”, desconversou o técnico colorado.

Uma das opções “caseiras” seria o retorno de Thiago Galhardo, que encerrou a sua passagem pelo Celta de Vigo-ESP e tem contrato com o Inter até o fim de 2022. Nos próximos dias, ele deverá ter uma conversa com a direção do Inter para definir a sua situação no clube.

Clique nas manchetes abaixo para ler mais notícias sobre o Inter:

Gostou do site? Então deixe sua curtida:

Publicidade

Utilizamos cookies. Aceitar Ler políticas