fbpx

Com Luan na reserva, direção do Corinthians cogita usá-lo como moeda de troca: “Por que não?”

Rei da América de 2017 com o Grêmio não conseguiu se firmar totalmente no clube paulista

Perto de concluir a sua primeira temporada no Corinthians em situação de baixa, sendo atualmente reserva do time, Luan pode nem ter uma segunda. Apesar de elogiar o profissionalismo do atleta, a direção do clube, na pessoa do diretor de futebol Roberto de Andrade, já admite usá-lo como moeda de troca no mercado.

“Tem muito clube que quer baixar folha (salarial), como nós também queremos, então existe no mercado hoje, as conversam caminham para os clubes fazerem trocas, eu acho excelente. Às vezes um jogador que não jogou em tal clube chega no Corinthians e passa a jogar. Trocamos o Pato pelo Jadson (em 2014), e o Jadson foi um brilhante jogador no Corinthians, e ele estava encostado no São Paulo. Negócios como esse podem surgir no futebol”, explicou o dirigente ao jornalista Alexandre Praetzel.

Luan foi comprado pelo Corinthians junto ao Grêmio por 5 milhões de euros (R$ 22,7 milhões), além do fim da dívida existente pelo lateral-esquerdo Juninho Capixaba, atualmente emprestado ao Bahia.

Luan
Luan no período de Grêmio – FOTO: LUCAS UEBEL/GREMIO FBPA

“Pode ser, por que não? (trocar Luan) Se a gente chegar à conclusão que na substituição a gente vai ganhar com isso, tecnicamente falando, não vejo problema, com nenhum jogador do elenco, todo mundo está aberto a isso. A gente quer sempre melhorar, a ideia não é ruim, não”, ampliou Andrade.

No Grêmio, Luan esteve entre 2013 e 2019, sendo um dos protagonistas de grandes conquistas do clube como Copa do Brasil, Libertadores e Recopa Sul-Americana.

Gostou do site? Então deixe sua curtida:

Publicidade

Utilizamos cookies. Aceitar Ler políticas