fbpx

Bolívar cita dois jogadores decisivos para Mano e admite ser difícil chegar no Palmeiras: “Lembra o Inter do meu tempo”

Confira algumas declarações dadas em nova entrevista concedida pelo ex-zagueiro colorado

Multicampeão com a camisa do Inter, tendo estado nos dois elencos campeões da Libertadores em 2006 e 2010, o ex-zagueiro Bolívar vê com satisfação e otimismo o momento atual do clube. À Rádio Guaíba, durante entrevista dada no sábado, o antigo capitão fez muitos elogios ao trabalho do técnico Mano Menezes e citou De Pena e Alan Patrick como “fundamentais” no atual esquema de jogo.

“O Mano conseguiu estancar a defesa do Inter, que vinha sendo um problema. E foi dando a sua cara ao restante do time. Encaixou muito bem a equipe. O Inter hoje tem um sistema defensivo sólido. O Renê e o Bustos são muito seguros. Difícil ver os adversários se impor nestes atletas e nos zagueiros também”, disse, antes de acrescentar:

“O Alan Patrick e o De Pena são fundamentais no esquema do Mano. O De Pena consegue fazer bem o motorzinho, tanto na defesa quanto no ataque. Temos que exaltar todos os setores, o time está muito bem equilibrado no momento”.

No momento, o Inter é o 3° do Brasileirão com 21 pontos e recebe o Botafogo às 18h deste domingo. O líder é o Palmeiras, com 25, que visita o São Paulo na segunda-feira.

“O Palmeiras é uma das melhores equipes da América do Sul. O Palmeiras está assim por ter esse trabalho a longo prazo com o Abel e pelo o time se conhecer há tempos. Inclusive comparo o Palmeiras hoje com o Inter daquela minha época. É difícil o Palmeiras perder atletas nas janelas e isso vai criando um bom time e competitivo. Mas a gente vê Flamengo e Atlético oscilando… se o Inter mantiver esse ritmo pode sim brigar por Brasileirão e Sul-Americana”, ampliou Bolívar.

Clique nas manchetes abaixo para ler mais notícias sobre o Inter:

Gostou do site? Então deixe sua curtida:

Publicidade

Utilizamos cookies. Aceitar Ler políticas