Em má fase, Mauricio vê concorrência crescer no Inter e pode perder lugar na equipe

Meia tem tido dificuldades nos últimos jogos e vem tendo oscilação

Publicidade

O torcedor do Inter pode começar a se acostumar a ver Mauricio ocupar um lugar no banco de reservas, já que a fase teima em seguir ruim, sendo que a última participação direta em gol aconteceu há oito jogos. O meia vem sendo mantido pelo técnico Eduardo Coudet na equipe, mas, aos poucos, já vê a concorrência interna no elenco crescer e pedir passagem.

Jogadores como Gustavo Prado e principalmente Wesley estão dando resposta mais positiva toda vez que são chamados. Wesley, aliás, tem atuado na faixa de atacante por conta das ausências por lesão de Alan Patrick e Enner Valencia. Quando eles voltarem, Mauricio pode ter que ceder a sua vaga.

Desde a expulsão contra o Juventude na semifinal do Gauchão, no Beira-Rio, o meia canhoto entrou em uma curva negativa e não conseguiu retomar as suas melhores atuações. Ainda assim, é visto como o principal candidato a ser vendido por boa quantia ao futebol da Europa durante o ano.

Mauricio segue como opção do Inter

Sem lesão e disponível para seguir jogando, Mauricio é alternativa do Inter para a semana intensa de jogos. Na quinta-feira, o colorado encara o Delfín, no Equador, às 23h, pela Sul-Americana. Depois, recebe o Atlético-GO, no Beira-Rio, a partir das 20h, domingo, pelo Brasileirão.

Ajude o Rio Grande do Sul – Doe pelo PIX – CNPJ: 92.958.800/0001-38

Ajude o Rio Grande do Sul
Chave PIX - CNPJ: 92.958.800/0001-38 Instituição: Banrisul Nome: SOS Rio Grande do Sul