fbpx

Vivendo pior momento dos últimos anos, Luan tem situação avaliada por ex-diretor do Grêmio: “História de vida complicada”

Atacante de 29 anos não vem conseguindo jogar com a camisa do Corinthians

De Rei da América em 2017, tendo inclusive sido cotado para a Copa do Mundo do ano seguinte, o atacante Luan passa por uma derrocada que o faz, neste momento, viver a pior fase da carreira desde que brilhou no Grêmio, onde conduziu o time no título do tri da Libertadores. Atualmente, não chega nem a ser reserva do Corinthians, que quer negociá-lo assim que possível.

Luan teve a situação analisada recentemente por André Zanotta, ex-executivo do Grêmio e que hoje trabalha no FC Dallas, dos Estados Unidos, também na parte de gestão:

“O Luan sofreu, teve alguns problemas de lesão… ele teve alguns problemas físicos na época, tanto que, acho que vocês não vão lembrar, mas ele não jogou contra o Botafogo nas quartas de final da Libertadores, que era um jogo “chave” para nós naquela campanha (do título)”, disse Zanotta em recente entrevista ao podcast A Rodada, do LANCE!, na web.

Nos últimos meses, o ex-jogador gremista passou por um trabalho de prevenção de dores no quadril e foi apontado como possível alvo do Bahia para o segundo semestre.

“Ele tem uma história de vida complicada, passou muita dificuldade até começar a jogar. Então, ele é um perfil mais fechado, mais desconfiado. Mas eu fico triste em ver que ele não está desempenhando o melhor futebol dele, porque qualidade ele tem de sobra”, ampliou o dirigente.

Com a camisa do Grêmio, além da Libertadores já citada acima, o atacante venceu a Copa do Brasil de 2016, a Recopa Sul-Americana de 2018 e os Gauchões de 2018 e 2019. Sua venda ocorreu para o Corinthians no fim de 2019 por valores superiores a R$ 25 milhões.

Clique nas manchetes abaixo para ler mais notícias sobre o Grêmio:

Gostou do site? Então deixe sua curtida:

Publicidade

Utilizamos cookies. Aceitar Ler políticas