Renato cumpre o prometido após derrota e treino do Grêmio tem “atraso” nesta terça-feira

Jogadores tiveram uma longa conversa com o técnico Renato Portaluppi

Publicidade

Marcado inicialmente para o horário das 10h, o treino do Grêmio teve um atraso de cerca de 40 minutos na manhã desta terça-feira. O motivo foi uma longa conversa com o técnico Renato Portaluppi na parte interna do CT Luiz Carvalho, conforme o próprio treinador havia admitido que faria depois da frustrante derrota de virada para o Santos. A cobrança foi grande pelo resultado e pela forma como o time perdeu.

De tão frustrado, Renato chegou a “ameaçar” na sua última coletiva a folga prevista aos jogadores na próxima Data Fifa, no começo de setembro, condicionando ela aos próximos resultados no Brasileirão.

“Querem folga na Data Fifa? Trabalhem e deixem de cometer esses erros infantis de hoje. Eu não vou pro Rio de Janeiro, mas pra eles também não vai ter folga se não estiverem lá em cima na tabela. A cobrança no vestiário foi grande e vai ser durante toda a semana. Não dá para cometer este tipo de erro. É preciso correr até que a arbitragem marque o que for. Foi inadmissível o nosso erro”, declarou Renato.

Renato ganha reforços

Já neste treinamento, Renato trabalhou com reforços vindo do DM e um deles é o zagueiro Walter Kannemann, que treinou normalmente com uma proteção na mão direita. Ele e Bruno Uvini devem ficar disponíveis para domingo diante do Cruzeiro, às 16h, na Arena.

Para este confronto, o próprio Renato está fora da casamata por ter sido expulso contra o Santos. Também cumprem suspensão o zagueiro Gustavo Martins e o lateral-esquerdo Reinaldo. Por outro lado, Villasanti e Suárez retornam ao time.

Leia mais do Grêmio:

Entre no canal do WhatsApp do Zona Mista e receba notícias do Grêmio em tempo real. (Clique Aqui)