Presidente do Inter não descarta contratar goleiro e deixa portas abertas para Taison: “Sempre terá”

Alessandro Barcellos tratou de diversos temas em entrevista concedida à Rádio Atlântida

Publicidade

A perda do goleiro Ivan, que já realizou nesta segunda a cirurgia de reconstrução do ligamento do joelho direito, pode fazer o Inter voltar ao mercado em busca de um atleta desta posição. Em entrevista à Rádio Atlântida nesta terça-feira, o presidente Alessandro Barcellos destacou que o planejamento está sendo “revisado”, mas pediu mais tempo para uma decisão sobre o tema:

“É muito recente a perda do Ivan. Aconteceu uma fatalidade e estamos revisando isso. Temos goleiros. O Anthoni, o Keiller, o menino que estava no sub-20 e vai voltar. É algo recente. Não é posição fácil de encontrar. Vamos avaliar. Precisamos de mais tempo e a janela só fecha mais adiante”, afirmou.

Veja também:
1 De 5.995

Barcellos, que explicou detalhadamente de onde está vindo o dinheiro dos reforços, também foi perguntado sobre um possível retorno do atacante Taison, cujo contrato vai até o meio do ano com o PAOK, da Grécia. No começo de 2023, ao sair do clube, o jogador disparou críticas contra o presidente em live na web. Mas, ao que tudo indica, a polêmica ficou para o passado.

“Não vamos mudar o discurso. É um jogador fundamental para a história do Inter. É um colorado identificado e sempre terá portas abertas, mas são questões da vida profissional que colocam os jogadores em outros clubes. Natural que, quando se aproxima esse momento da carreira, essas possibilidades surjam. Vamos tratar com respeito”, afirmou Barcellos.

A entrevista do presidente do Inter para a Rádio Atlântida:

Canal WhatsApp - Zona Mista Inter

Utilizamos cookies. Aceitar Ler políticas