WhatsApp: +5551985261953

Mano toma atitude com Taison e deixa observação sobre trabalho de Medina: “Ataque deveria estar melhor”

Terça-feira do técnico colorado Mano Menezes foi marcada por algumas entrevistas

Em recuperação de nova lesão muscular na coxa, que deverá deixá-lo por três semanas de fora, Taison não será mais jogador de beirada com a camisa do Inter. Mesmo com as comissões técnicas anteriores, o camisa 7 já vinha ficando mais tempo centralizado e agora, sob comando de Mano Menezes, não há hipótese dele voltar a atuar como ponta. O próprio Mano fez a garantia em entrevista dada ao “Os Donos da Bola”, da TV Bandeirantes.

“Os jogadores vão se modificando ao longo da carreira. Alguns extremas virão jogadores de centro. Cristiano Ronaldo, Renato, Hulk… estou usando grandes exemplos. Eles perdem um pouco de potência que a função do lado exige, mas não perdem qualidade técnica. Vejo Taison hoje nesse estágio da carreira. Ele não vai jogar na beirada. Será segundo atacante ou um meia mais ofensivo”, disse Mano, que não descarta escalar Taison junto com Alan Patrick:

“O Alan Patrick é mais armador. Não é jogador de entrar na área como o Taison. É possível que joguem juntos. É o papel do treinador armar a equipe para isso”.

Trabalho de Medina no Inter

Mais tarde, em entrevista ao “Sala de Redação”, da Rádio Gaúcha, Mano admitiu que vai concentrar o seu trabalho a partir de agora em construção de jogadas ofensivas para que o time faça mais gols. Nesse sentido, deixou no ar uma crítica à gestão do seu antecessor Alexander Medina, que tinha a proposta de fazer a equipe ser propositiva no ataque:

“Me surpreendeu. Com a proposta que tinha antes (com Alexander Medina), essa é uma parte que já era para estar melhor desenvolvida. Se o trabalho era pegar a bola e ser propositivo, então você estará mais vezes no último estágio. Isso já deveria estar melhor desenvolvido”, declarou o atual técnico, antes de emendar:

“Chegamos 60 vezes na última parte do campo contra o Avaí (empate em 0 a 0). Na minha opinião, poderíamos ter feito melhor. Eu coloco a equipe no último terço. Chegamos bem até aí. Dali para frente, nós vamos treinar para ter mecânica, profundidade e romper as linhas no momento certo”.

Em 9° lugar na tabela de classificação do Brasileirão com 8 pontos, o Inter de Mano Menezes volta a jogar em casa, sábado, às 19h, diante do atual líder Corinthians.

Clique nas manchetes abaixo para ler mais sobre o Inter:

Gostou do site? Então deixe sua curtida:

Inter

1 De 9