fbpx

Mano rebate críticas feitas antes da classificação e responde se prefere Deportivo Cali ou Melgar nas quartas

Confira um outro trecho da coletiva do técnico colorado Mano Menezes depois da vitória sobre o Colo-Colo

Eufórico ainda no gramado após a classificação sobre o Colo-Colo, o técnico Mano Menezes deixou a empolgação no vestiário e deu coletiva de imprensa com os pés no chão, mantendo humildade e sem achar que está tudo perfeito no Inter. Ele, inclusive, rebateu críticas de quem dizia antes da partida que, em caso de insucesso, a temporada do time teria “acabado”.

“Quem comanda um grupo como eu, juntamente com minha equipe, cuida muito para não se empolgar demais com um vitória como essa. Pois ela poderia não ter acontecido. E não poderíamos chorar demais se não tivesse acontecido. Teríamos que entender as razões e estar fortes porque a nossa temporada não iria acabar, como escutei por aí. Ela iria continuar. Estamos bem colocados no Brasileirão e temos capacidade para estar onde estamos”, comentou.

Agora, o Inter aguarda o vencedor de Melgar, do Peru e Deportivo Cali, da Colômbia, para a fase de quartas de final. O colorado terá o direito de novamente decidir no Beira-Rio e Melgar e Cali duelam nesta quarta, 21h30, no Peru – o jogo de ida foi 0x0.

“A vitória foi grande e a virada foi importantíssima. Muito bom ver o Beira-Rio com esse sentimento no final. Mas a partir de amanhã vamos trabalhar e pensar no nosso adversário. Não temos preferência porque não adianta ter. Não vai mudar nada. Vamos nos preparar e esperar para enfrentar. Agora é se preparar bem para pegar o América-MG”, finalizou Mano, já citando o jogo de segunda-feira, 20h, também em casa, pelo Brasileirão.

Veja mais: o apoio de mais de 40 mil colorados antes, durante e depois da vitória sobre o Colo-Colo no Beira-Rio:

Clique nas manchetes abaixo para ler mais notícias sobre o Inter:

Gostou do site? Então deixe sua curtida:

Publicidade

Utilizamos cookies. Aceitar Ler políticas