Grêmio alcança 22 participações na história da Libertadores; Renato classificou o time oito vezes

Tricolor volta a jogar a Libertadores depois de duas temporadas de ausência

Publicidade

Ausente da Libertadores em 2022 e 2023, o Grêmio está oficialmente de volta à competição continental marcada para o ano de 2024. A classificação matemática veio através da vitória de virada na noite desta quinta-feira, na Arena, pelo placar de 2×1 diante do Goiás, que, por sua vez, está rebaixado à Série B do Brasileirão da próxima temporada.

Ainda buscando o G4, que lhe daria uma vaga direta à fase de grupos, o Grêmio alcançará em 2024 o total de 22 participações na história da Libertadores. Sua última presença foi com queda na fase prévia em 2021 para o Independiente Del Valle e o último título, dos três que tem, ocorreu em 2017 em vitória sobre o Lanús na grande decisão.

Os outros dois títulos gremistas no torneio foram conquistados em 1983 e 1995 contra Peñarol e Atlético Nacional, respectivamente. O portal Globoesporte.com fez um levantamento de todas as campanhas do Grêmio na história da Libertadores:

  • Campeão: 3 vezes (1983, 1995 e 2017)
  • Vice: 2 vezes (1984 e 2007)
  • Semifinalista: 5 vezes (1996, 2002, 2009, 2018 e 2019)
  • Quartas de final: 4 vezes (1997, 1998, 2003 e 2020)
  • Oitavas de final: 4 vezes (2011, 2013, 2014 e 2016)
  • Fase de grupos: 2 vezes (1982, e 1990)
  • Fase prévia: 1 vez (2021)

Renato leva Grêmio à Libertadores de novo

Somando todas as suas passagens treinando o Grêmio, o técnico Renato Portaluppi classificou o time em oito ocasiões diferentes para a Libertadores. Isso aconteceu nos anos de 2010, 2013, 2016, 2017, 2018, 2019, 2020 e 2023. Através do seu Twitter, a Conmebol parabenizou o tricolor pela volta à competição:

Grêmio alcança 22 participações na história da Libertadores; Renato classificou o time oito vezes

Leia mais:

Utilizamos cookies. Aceitar Ler políticas