fbpx

“Estou aqui para somar e ajudar”: o quesito que Gabriel é o melhor entre todos os jogadores do Brasileirão

Volante contratado junto ao Corinthians vem se consolidando na equipe treinada por Mano Menezes

Cada vez mais titular do Inter, principalmente agora com a venda de Rodrigo Dourado, o volante Gabriel vem se consolidando como um dos nomes importantes do time de Mano Menezes e os números mostram isso. Destaque na vitória de 2×1 fora de casa diante do Goiás na quarta-feira, o atleta se tornou o recordista de desarmes entre todos os atletas até agora no Brasileirão de 2022.

Segundo o site de estatísticas Footstats, Gabriel tem 33 desarmes na competição, enquanto o segundo colocado é o ex-colorado Bruno Silva, do Avaí, que tem 30, seguido por João Gomes, do Flamengo, e Jadson, do Juventude, que desarmaram 29 vezes cada.

O desafio de Mano agora será estabelecer o parceiro de meio de campo de Gabriel. Na Serrinha, Johnny entrou e deu boa resposta, mas Carlos De Pena estava suspenso assim como Taison nesta partida. Ainda há o jovem Estêvão como opção no banco.

Com Gabriel, o Inter, que já tem 16 jogos de invencibilidade na temporada, volta a jogar pelo Brasileirão no próximo domingo, 18h, diante do Botafogo, em casa. Veja falas de Gabriel em entrevista após o jogo em Goiânia:

Vitória sobre o Goiás e momento do time

“A equipe vem fazendo grandes jogos. Jogar aqui é difícil. Tivemos chances de fazer ainda mais gols. Nos defendemos bem. Eles cruzam muitas bolas na área e conseguimos tirar várias bolas. Deu liga, mas precisamos seguir com os pés no chão. O jogo a jogo é fundamental. Foram os mesmos três pontos do Flamengo e tem a mesma importância do próximo. Mas foi uma grande partida”

Situação do campeonato

“É uma competição que está muito embolada. Todo empate dos rivais é importante. Mas temos que fazer o nosso papel. Isso que foi importante, ainda mais fora de casa. O que acontecer nos outros jogos, aconteceu. Se ajudarem, a gente comemora sim”

Jogadores de qualidade no elenco

“O Inter é assim. Jogadores de grande qualidade. Um sai, outro entra e o nível tem que ser o mesmo. Não só o Johnny. A braçadeira foi um símbolo naquele jogo e hoje o Edenilson carregou ela. Temos o Taison também. São grandes jogadores e experientes. E eu estou ali para somar e ajudar. Desde o meu primeiro dia no Inter falei isso e que também iria brigar por títulos”

Apelido de “Ruf Ruf” da torcida para Gabriel

“A gente sempre adota os apelidos carinhosos dos torcedores. Confesso que gosto bastante. Fica legal e motiva ainda mais. Mas deixo pro torcedor o “Ruf Ruf”. Dentro de campo vou seguir dando o máximo”

CLIQUE NAS MANCHETES ABAIXO PARA LER MAIS NOTÍCIAS SOBRE O INTER:

Gostou do site? Então deixe sua curtida:

Publicidade

Utilizamos cookies. Aceitar Ler políticas