Direção do Sassuolo comenta o nome de Matheus Henrique e impõe condição para fazer a contratação

Volante gremista está nos Jogos Olímpicos e é bem avaliado pelo clube italiano

Não é de agora que o nome de Matheus Henrique está na pauta do Sassuolo, da Itália, que, no entanto, condiciona a contratação do jogador à venda do meio-campista Locatelli, que é alvo da Juventus para a próxima temporada. Se esta negociação não sair, o volante gremista deverá seguir em Porto Alegre.

“(Matheus Henrique) É um perfil que já tínhamos levado em consideração na temporada passada. Se Locatelli não sair, não podemos falar de substituto. Está tudo parado”, citou o CEO do Sassuolo, Giovanni Carnevali, em entrevista dada à TV italiana Sky Sport.

Mas, segundo o dirigente, o foco do clube é mesmo vender Locatelli e há otimismo em relação a isso. Se não for a Juventus, outros times podem ter o interesse no atleta:

“Tivemos várias ofertas por Locatelli, principalmente de clubes estrangeiros. O Arsenal agora é bem conhecido, mas também há algo com outro clube inglês. O desejo dele é ir para a Juventus, mas é claro que se algum outro clube importante se aproximar, Locatelli também deve avaliar. Não é tão fácil encontrar uma solução com a Juventus. Gostaríamos mesmo que ele ficasse, precisamos das condições certas para todos”, ampliou o dirigente italiano.

Segundo números levantados pela imprensa da Itália, a oferta de compra do Sassuolo por Matheus Henrique é de 12 milhões de euros (R$ 72,5 milhões) mais 3 milhões de euros (R$ 18 milhões) se o jogador bater metas estabelecidas em contrato. O Grêmio tem direito a 90% destes valores, enquanto os outros 10% seriam do São Caetano.

  • Clique aqui para entrar no grupo 15 para acompanhar as notícias do Grêmio.
  • Clique aqui para entrar no grupo 28 para acompanhar as notícias do Grêmio.