Torcida se diz “cansada” e pendura faixas no Beira-Rio pedindo a saída de seis jogadores; Inter se manifesta

Guarda Popular "decorou" o Beira-Rio com faixas contra a direção e alguns jogadores

Na véspera da partida diante do Cuiabá, no Beira-Rio, a Guarda Popular “decorou” o estádio com várias faixas contra a direção e o time do Inter, pedindo a saída de dirigentes, jogadores e cobrando melhores resultados na temporada. Logo após o ato, a torcida publicou um recado em suas redes sociais:

Estamos cansados de tanta incompetência e falta de compromisso com o Internacional por parte dos jogadores, da gestão e de muitos dos conselheiros do clube. Queremos ver resultados, trabalho, empenho e dedicação, queremos que honrem a camisa que estão vestindo e façam valer a história do Colorado. Falta de respeito com os torcedores e festas não serão mais tolerados!

FORA João Patrício Herrmann!
FORA Thiago Galhardo!
FORA Zé Gabriel!
FORA Rodrigo Dourado!
FORA Edenilson!

Guarda Popular – A barra do Inter“.

Galhardo, Edenilson, Lindoso, Patrick, Heitor e Dourado foram os jogadores “lembrados” pela torcida nas faixas, que ainda citou Zé Gabriel no texto acima. O Inter, no entanto, não permitiu que as faixas ficassem penduradas durante muito tempo e já retirou o material do local:

“O relacionamento social do clube permite que as organizadas entrem para decoração e apoio, inclusive seguem um protocolo para tal, esse que foi descumprido. As faixas foram retiradas tão logo se verificou o descumprimento das regras de ambientação”, disse Victor Grunberg, vice de administração colorado, ao site GZH.

Vindo de derrota de 2×1 para o Athletico fora de casa, o Inter é apenas o 14° no Brasileirão com 14 pontos ganhos.

  • Clique aqui para entrar no grupo 7 para acompanhar as notícias do Inter.
  • Clique aqui para entrar no grupo 20 para acompanhar as notícias do Inter.