fbpx

De Pena, Johnny e Gabriel: o que Mano Menezes pensa sobre a escalação do meio do Inter contra o Botafogo

Técnico colorado perde a opção de contar com Rodrigo Dourado, vendido ao San Luis-MEX

No primeiro jogo oficial sem Rodrigo Dourado, vendido ao San Luis-MEX, o técnico Mano Menezes montou o meio do Inter com Gabriel e Johnny na vitória de 2×1 fora de casa diante do Goiás. Mas isso não quer dizer que esta é a nova dupla do setor. Até porque, no jogo realizado na Serrinha, em Goiânia, Mano não contava com o uruguaio Carlos De Pena, suspenso.

Pena, aliás, tem a tendência de voltar normalmente ao time até por ser um dos destaques da atual sequência invicta de jogos. Mano, na última coletiva, não quis adiantar a escalação, mas deve deixar Johnny novamente no banco apesar da boa fase vivida:

“Vamos comemorar a vitória, vamos por partes. Acho que é importante tudo que a gente conquistou e depois vamos começar a pensar (no próximo jogo). Cada jogo tem suas características. Hoje (quarta-feira) era um momento de estabilidade, depois de uma vitória importante contra o Flamengo, manter isso, nesta hora”, disse o técnico na quarta-feira, antes de acrescentar:

“Então, exigia um pouco de força física. Era um time alto e eu optei pelo Johnny porque ele também dava esta estatura para a gente disputar a maioria destas bolas. Em outra situação, serão avaliados outros quesitos. Importante é quem entrar, entrar bem e dar conta do recado”.

Salvo alguma reviravolta de última hora, o Inter para pegar o Botafogo, em casa, às 18h do domingo, tem: Daniel; Bustos, Vitão, Mercado e Moisés; Gabriel, De Pena, Edenilson, Alan Patrick e Wanderson; David.

CLIQUE NAS MANCHETES ABAIXO PARA LER MAIS NOTÍCIAS SOBRE O INTER:

Gostou do site? Então deixe sua curtida:

Publicidade

Utilizamos cookies. Aceitar Ler políticas