fbpx

Daniel segue sem pegar pênaltis com a camisa do Inter; Wanderson reclama da atuação da arbitragem

Confira mais detalhes da repercussão do empate do Inter fora de casa com o Guaireña

Ainda não foi dessa vez que o goleiro Daniel conseguiu pegar o seu primeiro pênalti defendendo as cores do Inter. A nova chance ocorreu no primeiro tempo do empate em 1×1 com o Guaireña, fora de casa, pela Sul-Americana, mas ele não caiu no canto certo da cobrança de Otazú, que abriu o placar do jogo realizado no tradicional estádio Defensores del Chaco.

Daniel virou titular absoluto do Inter a partir da chegada de Diego Aguirre no comando do clube no meio de 2021 na vaga de Miguel Ángel Ramírez. Somando todas as cobranças até agora em que teve a oportunidade de pegar, não conseguiu em seis ocasiões:

Otazú – Guaireña
Pikachu – Fortaleza (duas vezes, um não entrou batendo na trave)
Diego Souza – Grêmio
Ricardo Bueno – Juventude
Gabigol – Santos

O último pênalti defendido por goleiros do Inter em tempo normal foi com Marcelo Lomba, no meio de 2020, na volta do futebol, com a cobrança de Everton Cebolinha na vitória do Grêmio por 1×0 no Gre-Nal do Gauchão daquele ano.

Wanderson reclama da arbitragem

Autor do gol de empate contra o Guaireña, Wanderson deu coletiva pós-jogo reclamando da arbitragem de Cristian Garay, que marcou um pênalti polêmico de Bruno Méndez a favor dos paraguaios ainda na primeira etapa da partida – reveja clicando aqui.

“Fico feliz por ajudar a equipe, mas preferia ter saído daqui sem nenhum gol e com a vitória. Viemos para cá com o objetivo de não perder o jogo. Iniciamos muito bem e acho que merecíamos a vitória. Acho que a arbitragem se atrapalhou no lance do pênalti. São coisas do futebol”, lamentou.

Próximo jogo na Sul-Americana: Inter x Independiente Medellín, terça-feira, dia 17, 19h15, no Beira-Rio. Próximo jogo: Juventude x Inter, domingo, 19h, pelo Brasileirão.

Gostou do site? Então deixe sua curtida:

Publicidade

Utilizamos cookies. Aceitar Ler políticas