Coudet cita eleições presidenciais do Inter e define quando decidirá a sua permanência

Técnico argentino é o nome preferido dos dois candidatos à presidência

Já publicamente, Alessandro Barcellos e Roberto Melo declararam o desejo de manter o técnico Eduardo Coudet no comando do Inter para a temporada de 2024. O treinador, no entanto, ainda é cauteloso sobre o tema e não quer tomar nenhuma decisão precipitada, mantendo o foco nos jogos restantes do Brasileirão.

Antes da derrota de 1×0 para o Bahia, na quarta-feira, fora de casa, Coudet foi perguntado pela reportagem da RBSTV sobre o seu futuro no Beira-Rio. E deixou claro que só vai decidir depois do resultado das eleições entre Barcellos x Melo:

Veja também:
1 De 6.090

“Quando fui procurado neste ano, a gente acertou claramente até quando ia o contrato. Já passei por uma eleição no Inter, em 2020, e sei como é. Só vou tratar do meu futuro depois das eleições. Vamos esperar”, afirmou.

Enquanto isso, o Inter trabalha para melhorar dentro de campo e voltar a vencer. Com vários retornos no time – veja aqui a lista -, o colorado se prepara visando o duelo contra o Santos, domingo, às 16h, no Beira-Rio.

O calendário eleitoral do Inter, de acordo com o site GZH:

  • 30/10: apresentação dos programas de gestão ao Conselho Deliberativo;
  • 7/11: eleição do Conselho de Gestão em primeiro turno, com voto dos conselheiros;
  • 9/11: prazo final para inscrição das chapas para o Conselho Deliberativo (renovação de 150 cadeiras);
  • 9/12: eleição do Conselho de Gestão em segundo turno, com voto do sócio, e da renovação de 50% do Conselho Deliberativo.

Utilizamos cookies. Aceitar Ler políticas