fbpx

Bastidores: o pedido de Mano Menezes aos jogadores do Inter antes da vitória diante do Goiás

Assessoria de imprensa colorada divulgou vídeo de bastidores da vitória obtida em Goiânia

No tradicional discurso pré-jogo, onde costuma dar as últimas orientações aos atletas, o técnico Mano Menezes deixou um pedido final na quarta-feira, na Serrinha, antes da vitória de 2×1 sobre o Goiás pelo Brasileirão: terminar com 11 jogadores em campo, sem nenhum jogador expulso e manter a organização da equipe até o apito final do árbitro.

“Vamos começar bem, concentrados e passar a dificuldade pro outro lado. Com 11, hein? Com 11 lá dentro até o final. Quero todo mundo até o fim”, disse.

Mano teve o objetivo atendido, já que, mais uma vez, o Inter não teve nenhum jogador expulso e terminou a partida com 11 jogadores.

“Futebol é feito de oportunidades. Elas acontecem e por vezes a gente nem está esperando, mas temos que aproveitar igual. Só tenho que elogiar, mas temos que continuar. Parabéns”, vibrou o treinador após a partida.

As cenas vividas no vestiário em Goiânia constam no vídeo de bastidores divulgado pelo Inter durante a última quinta-feira e que você confere logo abaixo:

Relembre declarações de Mano na coletiva à imprensa pós-jogo:

Vitória em Goiânia

“Aprender a valorizar tudo que a gente conquista passa por analisar o que os rivais fazem. E é difícil jogar aqui. Ainda mais pra nós gaúchos pela diferença do clima nesse momento. A gente sofre na questão física. Mas o nosso time se comportou bem. Fizemos um início de jogo bom, apesar de ter levado outra bola no poste. Esperávamos que o Goiás chegaria bem de bola aérea. Mas tivemos força, voltamos bem e fizemos um jogo mais estável. Merecemos a vitória”

Elogios a Moisés e Johnny

“Para permanecer na parte de cima da tabela você tem que ter elenco. As perdas são inevitáveis. Lesão, cartão. Campeonato é longo, duro. Queríamos dar uma ideia de jogo para todos. Hoje foi assim com Moisés, que entrou bem. Johnny fez jogo muito bom também. Temos que ter esse nível para ficar tranquilo e não ter queda de produção quando tivermos desfalques”

Escalação para pegar o Botafogo, domingo, 18h, em casa

“Não penso no meio de campo ainda. Vamos por partes. Importante valorizar o que conquistamos e depois vamos pensar. Cada jogo tem as suas características. Hoje era momento de estabilidade depois de vencer o Flamengo. Exigia um pouco de força física. O Goiás tem time alto. Johnny nos dava mais estatura. Para frente, vamos avaliar outros quesitos e o importante é que quem entre dê conta do recado”

CLIQUE NAS MANCHETES ABAIXO PARA LER MAIS NOTÍCIAS SOBRE O INTER:

Gostou do site? Então deixe sua curtida:

Publicidade

Utilizamos cookies. Aceitar Ler políticas