Aránguiz convoca desde já a torcida do Inter para ajudar a virar na terça-feira: “É diferença de um gol”

Volante chileno vem sendo titular do time do Inter com o técnico Eduardo Coudet

Com a experiência de já ter participado de mata-mata de Libertadores pelo Inter na carreira, algo que aconteceu durante a temporada de 2015, o volante Charles Aránguiz está otimista com a possível reação sobre o River Plate e também aposta na força do Beira-Rio na terça-feira que vem. A partir das 21h deste dia, o colorado precisará reverter o 2×1 sofrido no Monumental de Nuñez para ir às quartas e aguardar entre Athletico ou Bolívar.

Titular na derrota na Argentina, Aránguiz, em entrevista publicada pelo site Globoesporte.com, lembrou da diferença de apenas um gol e desde já convocou a presença dos torcedores para ajudar na virada:

Veja também:
1 De 6.099

“É uma diferença de um gol, não é muito dramático. Jogaremos na próxima semana com nossa torcida, em nosso estádio, e estamos seguros que a torcida vai ajudar muito o time a reverter essa série”, comentou o chileno, que vem sendo titular com Eduardo Coudet.

Em 2015, com Aránguiz, o Inter passou nas oitavas de final com um empate e uma vitória sobre o Atlético-MG e depois, contra o Independiente Santa Fe, nas quartas, viveu situação similar com a de hoje. Na ocasião, perdeu de 1×0 na Colômbia na ida e reverteu com 2×0 no Beira-Rio na volta, caindo posteriormente para o Tigres, do México, na semi.

Além de Aránguiz, outros jogadores do Inter deram entrevistas:

Alan Patrick:Sim, a gente sai vivo. Primeira parte foi aqui e agora temos 90 minutos em casa com a nossa torcida. Vamos buscar a vitória. Vamos tentar construir dentro da nossa casa. Sabíamos que era díficil aqui. É trabalhar na semana, focar e ir passo a passo. Antes o Brasileirão contra o Corinthians e depois pensar no River

Rochet:Fica um gosto amargo, deixamos o resultado escapar. Mas a chave ainda está aberta, temos toda condição de classificar. Sabíamos que poderíamos ter bastante trabalho com o ataque do River. Uma pena que minhas defesas não garantiram nossa vantagem

Enner Valencia:Sabíamos que era um campo difícil, contra um rival difícil e sua torcida. Fizemos um primeiro tempo bom e começamos bem o segundo. Tratamos de aguentar, porque sabíamos que o River viria buscar o resultado. Lamentavelmente, perdemos. Mas a série está aberta e podemos dar a volta em casa

Campanharo:O que foi pedido foi mais marcação, estávamos sofrendo com a intensidade do time deles, que voltou melhor na segunda parte. Acredito que o Inter está vivo para o jogo da volta e temos totais condições de sair com a classificação na nossa casa. E vamos em busca de passar para as quartas de final. O River voltou melhor no segundo tempo e a parte física foi determinante pra gente também. A gente se desgastou bastante no jogo de sábado em casa com um a menos. Caímos um pouco na segunda parte contra o River. Mas, como falei, estamos vivos e vamos buscar em casa

LEIA MAIS:

Utilizamos cookies. Aceitar Ler políticas