Enner Valencia volta a treinar, se aproxima de retorno ao Inter e marca gol em atividade; assista

Centroavante não joga desde a eliminação para o Juventude na semifinal do Gauchão

Publicidade

Convivendo com uma forte sequência de partidas entre Brasileirão, Sul-Americana e Copa do Brasil, o Inter está perto de ganhar reforços direto do seu Departamento Médico, que andou bastante lotado nas últimas semanas. Um dos retornos aguardados é o do centroavante Enner Valencia, ausente desde o segundo jogo da semi do Gauchão contra o Juventude no Beira-Rio.

Avançando na recuperação da lesão no pé direito, Enner Valencia treinou na terça e na quarta-feira com os demais colegas no CT Parque Gigante. Na terça, teve, inclusive, um gol divulgado nas redes sociais do clube em uma atividade em campo reduzido:

Quem vive situação parecida é o meia Alan Patrick, habitual capitão do time, que sofreu lesão muscular na coxa no empate contra o Real Tomayapo pela Sul-Americana. Ele também voltou a treinar em campo e convive, assim como Enner Valencia, com a expectativa de ser relacionado para o jogo deste sábado, 21h, fora, diante do Cruzeiro, pelo Brasileirão.

Entrevista de Enner Valencia

Enquanto avança na recuperação da lesão para voltar a jogar, Enner Valencia encontrou tempo para gravar uma entrevista com o ex-atacante Rafael Sobis, no canal 4D Esportes. Veja abaixo um resumo do que falou o jogador equatoriano:

ESCOLHA PELO INTER

Tinha muitas ofertas. Havia feito mais de 30 gols na temporada e joguei a Copa do Mundo. Tinha uma oferta muito boa do Oriente Médio, mas o presidente me convenceu. Eu já havia enfrentado o Inter na Libertadores de 2010 e sempre gostei do futebol brasileiro. Quando eu soube o que era o Inter e o projeto do clube, foi uma questão de dois dias para assinarmos o pré-contrato

ELIMINAÇÃO PARA O FLUMINENSE E GOL PERDIDO DE CABEÇA

Contra o Fluminense… nem gosto de lembrar do jogo. Quem entende de futebol sabe que fomos muito superiores. Se faço uma das duas chances que tive, a de cabeça. Me vejo muito forte no cabeceio e me pergunto até hoje como não entrou. A partida estaria decidida, mas perdemos e foi uma m…

A LESÃO NO PÉ DIREITO DE ENNER VALENCIA

Todo mundo fala que foi o Bustos, mas não foi. No Gre-Nal, ele tirou e me doeu o tornozelo. Mas não foi isso. É uma parte mais abaixo do tornozelo. Foi justo no clássico. No segundo tempo, tento chutar uma bola. Chuto, mas acerto também a perna de um jogador. Já havia uma dor, mas não como foi depois do clássico. Bustos me fez dobrar um pouco o tornozelo, mas a lesão não é essa. A recuperação é chata. Acreditávamos que era algo mais simples e segui jogando, jogando, jogando… até que não podia mais aguentar e tomamos a decisão de parar

LEIA MAIS NOTÍCIAS COLORADAS:

Ajude o Rio Grande do Sul – Doe pelo PIX – CNPJ: 92.958.800/0001-38

Ajude o Rio Grande do Sul
Chave PIX - CNPJ: 92.958.800/0001-38 Instituição: Banrisul Nome: SOS Rio Grande do Sul

Utilizamos cookies. Aceitar Ler políticas