Torcida organizada do Inter se manifesta em nota e diz que “paz” depende dos jogadores

Camisa 12 publicou nota nas redes sociais sobre a fase do time em campo

Publicidade

A mais tradicional torcida organizada do Inter, a Camisa 12, resolveu se manifestar em nota nas redes sociais sobre o momento conturbado vivido em campo pelo clube. Os torcedores pediram mais comprometimento, atitude e representatividade à camisa dentro de campo. E indicaram que a “paz” depende exatamente do comportamento dos atletas nas quatro linhas.

“Como na vida, existem fases boas, muito boas, ruins e péssimas. Mesmo nos piores momentos do Internacional, onde não havíamos conquistado o mundo, o time sempre teve garra. Por vezes faltava qualidade, mas a vontade sempre foi maior, tanto que obtivemos a predominância no estado. Queriam mais tempo na diretoria? Foram atendidos. Queriam mais tempo para o treinador e sua equipe para treinar? Atendidos. Queriam jogadores de grife? Estão aí”, diz trecho do comunicado.

“A torcida não aguenta mais tanto sofrimento e chacota. A anestesia vai passar e todos verão que a torcida aqui pode ser paciente, mas não é otária. Estão conseguindo apequenar o clube, mas isso não vamos deixar. Se vocês querem paz, nós queremos em dobro. Só depende de vocês”, complementa.

Inter joga novamente em casa

Depois de decepcionar a sua torcida empatando em casa em 0x0 com o Real Tomayapo, da Bolívia, pela Sul-Americana, o Inter volta a jogar no Beira-Rio neste sábado, 18h30, diante do Bahia, pela estreia oficial no Brasileirão. Como mostramos nesta reportagem aqui, o time deverá ter mudanças.

Ajude o Rio Grande do Sul – Doe pelo PIX – CNPJ: 92.958.800/0001-38

Ajude o Rio Grande do Sul
Chave PIX - CNPJ: 92.958.800/0001-38 Instituição: Banrisul Nome: SOS Rio Grande do Sul