Suárez lamenta derrota para o Corinthians, fala do futuro e revela que Grêmio tentou a sua permanência

Confira os principais trechos da coletiva de imprensa de Luis Suárez neste domingo

Publicidade

Autor do gol da vitória do Grêmio por 1×0 sobre o Vasco da Gama, na Arena, na noite deste domingo, pelo Brasileirão, o atacante Luis Suárez se viu envolvido em diversas homenagens preparadas pelo clube e pela torcida para assinar, de vez, a sua passagem em Porto Alegre. Ele, de fato, está deixando o futebol brasileiro a partir da próxima temporada, embora ainda mantenha mistério sobre o seu novo destino.

Depois de ser homenageado no telão da Arena e receber o caloroso abraço dos filhos e da esposa ainda no gramado, Suárez foi ao auditório do estádio para dar coletiva de imprensa e aproveitou para tratar – e esclarecer – diversos temas, dos quais você confere logo abaixo:

Futuro e próximo clube de Suárez

Necessito aproveitar a minha família. Estou há 11 meses no Grêmio e não tive férias. Meus filhos ficaram um mês de férias, mas ficaram comigo me apoiando. Preciso descansar. Depois saberemos o destino, mas não tenho nenhuma pressa. Vamos ver o que se passa

O ano pelo Grêmio

As pessoas que trabalham aqui no dia a dia, sempre foram maravilhosas comigo. São muitos, foi difícil decorar os nomes. Eles viram que sou um ser humano como qualquer outro, por mais que às vezes, dentro do campo, seja um pouco diferente. Com 36, quase 37, vai ser o ano com mais partidas da minha carreira. E eu desfrutei muito, fui muito feliz

Jogo fundamental na perda do título do Brasileirão

A partida contra o Corinthians na Arena. Se ganhássemos, até poderíamos perder para o Atlético-MG fora que estaríamos nas possibilidades. Aquele jogo nos deu a sensação de dor. Mas a direção fez um esforço grande esse ano para lutarmos em cima. E fizemos um grande ano. Grêmio não estava entre os favoritos e podemos ficar contentes de voltar à Libertadores

A tentativa do Grêmio em sua permanência

O clube me falava que podia jogar um, dois ou três jogos no mês. Escolher quando jogar. Me deram esta opção para o ano que vem. Mas eu não sou assim. Sou profissional 24 horas, me conheço. Não queria roubar o clube. A minha consciência está tranquila pois me entreguei ao máximo

LEIA MAIS:

Entre no canal do WhatsApp do Zona Mista e receba notícias do Grêmio em tempo real. (Clique Aqui)